20:03hs
Terça Feira, 17 de Setembro de 2019
Aiuruoca - Notícias
06/03/2019 16h28

Aiuruoca e suas belezas naturais

Para aqueles que procuram um lugar mais tranquilo para o carnaval, a cidade é a opção

Cachoeira Deus Me Livre fica a 5 Km do centro de Aiuruoca 

A cidade de Aiuruoca é muito conhecida pela sua rica opção de lazer, suas belezas naturais e pelo povo acolhedor.

Para aqueles que procuram um lugar mais tranquilo para passar o feriado de Carnaval, o destino é perfeito!

A cidade é considerada uma das sete Cidades Sagradas do Sul de Minas Gerais.

Além das belezas naturais que circundam a cidade, o município tem em seu centro um charmoso ponto de parada dos visitantes, a praça Monsenhor Nágel e a belíssima Igreja Matriz da Nossa Sra. da Conceição, com casarões antigos enfeitando as ruelas da cidade.

O município conta com mais de 80 cachoeiras de rara beleza cênica, algumas imperdíveis. Na cidade localiza-se a nascente mais alta do Brasil, estando a 2450m.

A cachoeira da Lage, localizada na Fazenda da Lage, a 17 km de Aiuruoca é composta por uma única queda e um poço raso para banho. Fica próxima da cachoeira Duas Quedas (cerca de 3 quilômetros). É possível entrar debaixo da queda e ver a água cair à frente e também possibilita duchas muito refrescantes. O carro do turista pode ser deixado a uma distância de apenas 10 metros da cachoeira que é o ideal para quem quer andar pouco e também levar crianças ou viajar na companhia de idosos ou pessoas que não estejam acostumadas a longas caminhadas, ou ainda, caminhadas curtas com um nível de dificuldade maior. Qualquer pessoa chega até a cachoeira da Lage com muita facilidade.

Também há o Retiro dos Pedros localizado a uma atitulide de 2200 metros. Uma vista maravilhosa que vale a pena conhecer.

A cachoeira das Garcias é a mais visitada da região devido a sua beleza. Apresenta uma queda d’água de 30 metros e ótima piscina natural. A trilha de acesso a cachoeira é de 20 minutos e é indispensável a presença de um guia turístico.

“Os Caldeirões” são muito procurados por estarem próximos do centro. O local é bom para nadar e os mais corajosos podem descer o trecho do rio de caiaque ou boia

O “Pocinho” é uma área verde fechada, a cinco quilômetros do centro da cidade, à beira da estrada que segue para o município de Alagoa, encontra-se piscinas, poços e duchas naturais. E o chamado Pocinho do Badóglio, cujas águas nascem em torno do Pico e descem formando um “balneário” da população e visitante.

A cachoeira Deus-me-livre também fica localizada a 5 km do centro de Aiuruoca e conta com três quedas d’água principais, terminando em uma bela piscina natural, muito boa para banho.

A cachoeira da “Antiga Usina” fica localizada na represa da antiga usina hidrelétrica de Aiuruoca. No topo da cachoeira há uma barragem onde é possível o nado. Deste ponto segue uma corredeira por uma longa queda. A vegetação em torno do local é de mata nativa, proporcionando uma caminhada agradável.

A cachoeira do Batuque possui ótimas duchas e quedas d’água de 25 metros, mas não possui poço. Uma caminhada de cerca de 25 minutos é necessária, a partir da Pousada do Batuque, estrada para o Matutu, a 12 km.

A cachoeira das Fadas é a mais indicada para levar as crianças, com acesso fácil e poço bom para banho com águas cristalinas. A trilha é de apenas 800 metros.

Há o Pico do Papagaio - Caminhada com 7 horas de duração (Ida e Volta) dentro do Parque Estadual da Serra do Papagaio, exigindo da pessoa algum preparo físico. Aconselhável levar água, lanche, e blusa. A trilha passa por trechos de Mata de Candeial, Campos Rupestres e Floresta Tropical de Altitude. Chegando ao cume o visitante tem uma visão de 360 graus da região e está a uma altitude de 2100 metros.
Vale dos Garcias - Nesse roteiro você pode visitar o Poço do Joaquim Bernardo, local excelente pra pessoas da 3ª idade ou famílias. Também se pode visitar a Cachoeira do Tiziu, Cachoeira da Esperança, Prainha e a Cachoeira dos Garcias. O vale tem um visual de altitude e sua vegetação e parecida com Serrado e nas partes mais altas aparecem os Campos de Altitude.

Vale do Matutu - Roteiro com várias e diferentes atrações, aconselhável antes de começar sua visitação, procurar informações no Casarão do Matutu com o Lázaro. Pode-se visitar a Cachoeira das Fadas, Cachoeira do Fundo, Cachoeira dos Macacos, Cabeça do Leão, além de trilhas de Bike e cavalos, Arvorismo, Terapias e Massagens.

PUBLICIDADES
SIGA-NOS
CONTATO
Telefone para contato.: (35) 3332-1008
Textos e contatos em geral: jornalcp@correiodopapagaio.com.br
SAC: online@correiodopapagaio.com.br
R. Ledo, 250 - Centro - São Lourenço - MG