18:36hs
Sábado, 15 de Junho de 2019
Aiuruoca - Notícias
12/04/2012 13h00

Aiuruoca Aiuruoca revive uma das maiores celebrações cristãs - O Ofício das Trevas

Aiuruoca revive uma das maiores celebrações cristãs - O Ofício das Trevas

 

Em Aiuruoca, o dia 1º de abril inaugurou, assim como em todos os municípios brasileiros, a semana de reflexões sobre a fé católica e a vida de Jesus Cristo.


Representantes da igreja, sempre com a colaboração da comunidade, coordenam as celebrações da Semana Santa, quando são relembradas importantes citações da bíblia, como a chegada do filho de Deus a Jerusalém, sua recepção com ramos de palmeira e oliveira, seu martírio doloroso, entre outras passagens, conhecidas como Paixão de Cristo.


A cerimônia de Lava-pés, bem como a Procissão do Encontro, Sermão das Sete Palavras, Sermão do Descimento da Cruz, Procissão do Enterro e a missa do Círio Pascal, que antecede o Domingo de Páscoa, levaram centenas de aiuruocanos e visitantes de cidades próximas a participar de uma das maiores comemorações da comunidade católica, em um município que procura manter, de forma inalterada, dentro da maior genuinidade possível, uma tradição de 295 anos (desde 1717, quando o então lugarejo foi elevado a Paróquia).

 

O Ofício de Trevas


(Matutina tenebrarum) é um antiquíssimo ofício litúrgico e muito apreciado por toda a Igreja católica até algumas décadas atrás. Uma cerimônia litúrgica quase perdida no tempo e que fez parte da programação da Semana Santa em Aiuruoca neste ano.


Porém, o ritual solenizado desde os tempos medievais é desconhecido até mesmo por alguns católicos, pois deixou de ser realizado com o passar do tempo, diferentemente do que acontece em alguns mosteiros em que ainda se mantém esta tradição secular. Deste modo, pouquíssimas cidades no mundo realizam ainda o Ofício de Trevas e uma delas é São João Del Rey.


Assim também, com o objetivo de resgatar esta tradição praticamente extinta no Brasil e em todo o mundo, Aiuruoca, durante sua 295ª Semana Santa, (tombada como patrimônio histórico municipal em novembro de 2010) realizou esta celebração inédita após 50 anos, valorizando mais uma vez o patrimônio cultural e imaterial do Município.


Para tanto, a Prefeitura Municipal de Aiuruoca, através de seu Prefeito Municipal, Paulo Roberto Senador, do Secretário de Turismo do Município, Javan dos Santos Senador, do Chefe da Divisão de Turismo, Gilberto Furriel, o Conselho de Cultura Patrimônio Histórico de Aiuruoca em parceria com a Paróquia Nossa Senhora da Conceição de Aiuruoca e a Instituição Pró-Música de Juiz de Fora se empenharam para que acontecesse este resgate cultural inédito no Sul de Minas.


Durante a cerimônia as luzes da igreja foram parcialmente apagadas. Havia um candelabro com 15 velas representando os 150 salmos da Bíblia.


Participaram também das comemorações a Orquestra Jovem e Coro Gregoriano da cidade de Perdões.

Colaboração: Luis Márcio Teodoro Pereira – coralista e professor de Língua Portuguesa (Perdões/MG)
Fotos: Diego Santos (Aiuruoca/MG)

 

PUBLICIDADES
SIGA-NOS
CONTATO
Telefone para contato.: (35) 3332-1008
Textos e contatos em geral: jornalcp@correiodopapagaio.com.br
SAC: online@correiodopapagaio.com.br
R. Ledo, 250 - Centro - São Lourenço - MG