05:21hs
Terça Feira, 25 de Junho de 2019
Aiuruoca - Notícias
28/08/2012 10h35

Aiuruoca Caçadores fogem e deixam veículos para trás

Caçadores fogem e deixam veículos para trás

Na tarde de 24 de agosto de 2012, a Polícia Militar de Meio Ambiente de Aiuruoca, recebeu uma denúncia anônima sobre indivíduos que naquele momento estariam fazendo a caça de animais silvestres com o uso de cães, no bairro Ponte Alta, zona rural de Aiuruoca. Os militares de posse das informações deslocaram-se até o local para averiguar o fato.

Após intenso rastreamento para localizar os denunciados, os policiais avistaram dois veículos estacionados numa estrada secundária e três indivíduos do lado de fora dos veículos com alguns cães da raça “americana”, que geralmente são utilizados para caça a animais silvestres.

Os indivíduos suspeitos, quando avistaram os policiais empreenderam fuga a pé pelas matas do local, deixando os veículos e cães para trás. Os militares reconheceram um dos indivíduos, visto que o mesmo é conhecido por ser um contumaz infrator na área de fauna em Aiuruoca. Os veículos, um Fiat/Siena, cor Preta, placa de Caxambu, e um VW/Gol, cor branca, placa de Cruzília, estavam abertos e com as chaves no contato, tendo sido encontrado no interior do Fiat/Siena, um balde plástico contendo carne animal e no VW/Gol, dois baldes contendo carne animal em ambos.

No chão ao lado dos veículos estava a pele recém retirada de um animal silvestre, vulgarmente conhecido como “capivara” e muito sangue nas imediações. Ali ficaram cinco cães de caça soltos e com vários machucados, provavelmente por terem lutado com o animal abatido. Dentro dos veículos, os militares encontraram ainda 01 “tarrafão” tipo covo utilizado para cercar animais dentro da água, 01 penado, 01 fisga com cabo de madeira, 02 fisgas de vergalhão, 01 trela para transporte de cães, 01 cutelo, 02 facas ensangüentadas, 01 bornal e 05 molinetes.

Todo o material acima citado e os veículos foram apreendidos, sendo os veículos conduzidos pelo guincho para a cidade de Carmo de Minas. Pelas placas dos veículos identificaram seus proprietários os quais foram qualificados no REDS, ficando apenas um deles sem identificação. Feito contato com o delegado de Aiuruoca, este orientou que a carne fosse incinerada, deixando apenas um pedaço a ser congelado para a constatação pericial.




Fonte: Portal da Policia Militar

PUBLICIDADES
SIGA-NOS
CONTATO
Telefone para contato.: (35) 3332-1008
Textos e contatos em geral: jornalcp@correiodopapagaio.com.br
SAC: online@correiodopapagaio.com.br
R. Ledo, 250 - Centro - São Lourenço - MG