21:44hs
Sexta Feira, 20 de Setembro de 2019
Aiuruoca - Notícias
06/06/2012 10h04

Liberdade Personagens que fazem parte da Nossa História

Personagens que fazem parte da Nossa História


Geraldo Landim do Amaral

Conhecido como Geraldo Belinha, filho de Maria Bela Landim Amaral e Cristiano Antunes Amaral, nasceu no município de Liberdade.

Geraldo perdeu seus pais muito cedo, por isso, não pode realizar seu sonho de ser médico. Aos 19 anos se casou com Elvira Maria Aparecida Ladeira Amaral, com quem teve 11 filhos.

Mesmo não sendo formado em medicina, sua vocação manifestou-se como farmacêutico prático, atendendo pessoas da zona rural e na cidade, já que na cidade em que morava, Liberdade,  não tinha hospital, além disso tinha um único médico, Dr. Pitágoras Barbosa Lima, que por sua vez, apoiava e confiava em Geraldo.

Politicamente também foram grandes companheiros, Geraldo Landim, Dr. Pitágoras e Sr. Joaquim Moreira Barbosa, o Sr Zozote. Mais tarde com o falecimento de Dr. Pitágoras, Geraldo assumiu a direção do partido MDB, juntamente com seu amigo Sr Zozote.

Geraldo Belinha foi uma pessoa correta, trabalhadora, desprendido e sempre ajudando seus semelhantes em tudo que dele dependia. Não tinha hora para atender, enquanto tivesse necessidade ele estava disposto a ajudar.  Ficou viúvo ainda novo com 9 filhos pequenos. Casou-se pela segunda vez com Marina Alves Amaral e continuou sua jornada de político como líder do partido, até que em 1970 foi eleito prefeito da cidade de Liberdade.

O novo prefeito da cidade, Geraldo Landim Amaral, tinha como sua principal  meta trazer a Cemig para Liberdade, pois até então a energia era precária. Mas infelizmente não conseguiu em seu governo de dois anos.

Como um bom cidadão sempre respeitou seus adversários políticos e tinha como lema da sua vida a frase “Faça sempre o bem porque a recompensa vem em dobro”.

Sua fé em Deus o fez um grande homem admirado pelos seus filhos, amigos e cidadãos de Liberdade. Ele sempre dizia: “Nunca coloque uma pedra no caminho dos outros, porque você poderá encontrar uma grande montanha pela frente”.

Sr. Geraldo faleceu aos 78 anos, no dia 13 de janeiro de 1996, deixando um belo exemplo de esposo, pai, farmacêutico prático e político.

PUBLICIDADES
SIGA-NOS
CONTATO
Telefone para contato.: (35) 3332-1008
Textos e contatos em geral: jornalcp@correiodopapagaio.com.br
SAC: online@correiodopapagaio.com.br
R. Ledo, 250 - Centro - São Lourenço - MG