15:36hs
Domigo, 19 de Maio de 2019
Aiuruoca - Notícias
31/08/2018 15h16

Tradicional Festa da Cidade comemorou 312 anos de Aiuruoca

Moradores se reuniram e organizaram uma grande festa nos dias 11 e 12 de agosto

Moradores da cidade de Aiuruoca, no Sul de Minas, deram um exemplo de solidariedade, generosidade e amor à cidade, organizando e realizando a tradicional Festa da Cidade para comemorar o aniversário do município.


Esse ano, Aiuruoca comemora 312 anos de emancipação e para celebrar a data uma grande festa havia sido organizada pela prefeitura. Porém, a festa precisou ser cancelada devido à falta de repasses financeiros do Governo do Estado de Minas Gerais.


Em um comunicado oficial o Prefeito Paulo Roberto Senador precisou informar a população que a prefeitura teria que cancelar a festa, com a finalidade de reservar o recurso que seria usado na realização da festa para cobrir o não repasse do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb) pelo Governo de Minas.


Diante disso, a prefeitura começou a usar o já escasso recurso próprio para cobrir as despesas. E, como não há previsão de regularização do pagamento pelo Governo, a administração achou melhor reservar o dinheiro para dar prioridade aos pagamentos e despesas do funcionalismo público.


O ato foi compreendido e apoiado pela população, mas também fez a mesma se organizar e solidarizar com o ocorrido, mudando o final da história.


Quem conta a reviravolta do evento é Marina Lopes Vieira, coordenadora da página Segredos de Aiuruoca e uma das organizadoras do evento. Assim que viu o comunicado ela pensou que a amada cidade não poderia ficar sem a tradicional festa, e nem sem comemorar o aniversário. Por isso, organizou e entrou em contato com vários moradores e instituições da cidade para eles mesmos ohrganizarem uma festa solidária. Deu tão certo que, com a força e disponibilidade de todos os aiuruocanos, uma maravilhosa festa aconteceu nos dias 11 e 12 de agosto, com shows de artistas da cidade e região, mostrando um grande exemplo de superação e alegria para o público.


“Vimos que Aiuruoca tem muitos talentos. Fizemos um completo evento com a maioria das coisas sendo disponibilizadas por moradores da cidade. Shows com artistas que se apresentaram gratuitamente, restaurantes ajudaram com lanches, todos estavam empenhados e dando o melhor, mostrando um grande exemplo de superação. Foi um sentimento geral de orgulho, alegria e dever cumprido por ver a festa acontecer. Todo mundo se empenhou para fazer o melhor possível e marcou a união do povo aiuruocano”, conta Marina.


E o público comparecei em peso nos dois dias da festa. “A população recebeu muito bem. Estava frio e tinham festas em outras cidades da região, mas o público fez questão de participar e comemorar o aniversário da cidade. Só temos que agradecer a cada um que disponibilizou o que podia e fez acontecer essa festa que a cidade merecia. Todo o esforço foi recompensado. Estamos todos felizes com o resultado”, comemora Marina.  


Para Luís Soares, que também participou da movimentação e organização do evento, a festa mostrou que é possível mobilizar recursos e pessoas por um ideal.


“É possível nos organizar, promover e realizar o que acreditamos e não depender somente do financiamento do governo para fazer eventos. Foi um prazer e me sinto muito contemplado em fazer parte desse movimento, porque mostra para a população um novo ponto de partida. Aiuruoca tem uma cultura riquíssima na musica, audiovisual, gastronomia, artesanato e conseguimos reunir isso tudo na festa. Meu desejo é que essa organização possa se repetir criando festivais culturais como este, de forma simples, caseira e que agrade a todos”, ressalta Luís.  


Durante a festa houve shows de diversos gêneros e para todos os gostos, como MPB, Rock, Músicas Estilo Raiz. Contou com Feira da Agricultura familiar e artesanatos de Aiuruoca, missas, exibição do filme “300 anos da Semana Santa”, na Igreja Matriz, Orquestra Sinfônica de Três Corações e a Fanfarra de Aiuruoca. Uma festa cheia de alegria e solidariedade, que entrará para a história e memória da cidade, representando bem o povo aiuruocano.

PUBLICIDADES
SIGA-NOS
CONTATO
Telefone para contato.: (35) 3332-1008
Textos e contatos em geral: jornalcp@correiodopapagaio.com.br
SAC: online@correiodopapagaio.com.br
R. Ledo, 250 - Centro - São Lourenço - MG