12:30hs
Quarta Feira, 16 de Janeiro de 2019
Alagoa - Histórico
01/01/2010 00h00

Alagoa - Histórico do Município

A Região onde se localiza o município, foi primitivamente habitada pelos índios Cataguás (ou Cataguases), dos quais foram encontrados vestígios. Sendo o território rico em ouro e pedras preciosas, sertanistas que por aí passavam acabaram se fixando, e por volta do ano de 1730, Simão da Cunha Gago e o padre Joaquim Mendes de Carvalho fundaram uma povoação e construíram uma capela, filial da Matriz de Aiuruoca. Iniciava-se a implantação do núcleo de Alagoas.

Em 1752, foi levantada uma igreja construída por escravos, e seis anos depois, o local era elevado a Curato. A freguesia surgiu 1855, de um abaixo-assinado encaminhado à Assembléia Provincial que indicava a existência de 4.000 pessoas no curato e mais de 50 casas no arraial. Dentre esses moradores citam-se: Antônio Alcântara Guimarães, Joaquim Nogueira, Guarda-Mor Bento Chaves, Antônio Avelar Almeida, José Dias Carvalho e sua esposa Maria Luiza Mendes, o primeiro vigário, Padre Joaquim Inácio de Melo, o farmacêutico Cel. Porfírio Mendes e outros.

A mineração iniciou-se e a atividade agropecuária deu sequência ao desenvolvimento da localidade.

O topônimo deve-se à existência de uma grande lagoa, esvaziada pelos bandeirantes, para exploração de ouro e pedras preciosas. Para escoamento da água, foi aberto um canal em uma pedra, conhecida como "pedra furada".

Gentílico: alagoense


Formação Administrativa

Distrito criado com a denominação de Alagoa, pela lei provincial nº 728, de 18-05-1855, e por lei estadual nº 2, de 14-09-1891, subordinado ao município de Aiuruoca.

Pela lei estadual nº 843, de 07-09-1923, o distrito de Alagoa deixa de pertencer a Aiuruoca para ser anexado ao novo município de Itanhandu.

Em divisão administrativa referente ao ano de 1933, o distrito de Alagoa figura no município de Itanhandu.

Assim permanecendo em divisões territoriais datadas de 31-XII-1936 e 31-XII-1937.

Pelo decreto-lei estadual nº 148, de 17-12-1938, o distrito de Alagoa deixa de pertencer a Itanhandu para ser anexado ao novo município de Itamonte.

Em divisão territorial datada de I-VII-1955, o distrito de Alagoa figura no município de Itamonte. Assim permanecendo em divisão territorial datada de I-VII-1960.

Elevado à categoria de município com a denominação de Alagoa, pela lei estadual nº 2764, de 30-12-1962, desmembrado de Itamonte. Sede no antigo distrito de Alagoa. Constiuído do distrito sede. Instalado em 01-03-1963.

Em divisão territorial datada de 31-XII-1963, o município é constituído do distrito sede. Assim permanecendo em divisão territorial datada de 2007.


Transferências distritais

Pela lei estadual nº 843, de 07-09-1923, transfere o distrito de Alagoa do município de Aiuruoca para o de Itanhandu.

Pelo decreto-lei estadual nº 148, de 17-12-1938, transfere o distrito de Alagoa do município Itanhandu para o de Itamonte.

PUBLICIDADES
SIGA-NOS
CONTATO
Telefone para contato.: (35) 3332-1008
Textos e contatos em geral: jornalcp@correiodopapagaio.com.br
SAC: online@correiodopapagaio.com.br
R. Ledo, 250 - Centro - São Lourenço - MG