05:43hs
Terça Feira, 16 de Julho de 2019
Andrelândia - Notícias
25/05/2017 09h06

Campanha Nacional Faça Bonito em Andrelândia

Com o slogan “Toda criança é um anjo” cidade recebeu ações em prol das crianças e dos adolescentes

Flores da caminhada de mobilização da sociedade andrelandense

Na manhã do dia 18 de maio dezenas de pessoas participaram da Campanha Faça Bonito - Proteja Nossas Crianças e Adolescentes em Andrelândia. O evento, que busca combater a exploração sexual de crianças e adolescentes, aconteceu em todo o país.

A Equipe do CRAS de Andrelândia, juntamente com toda a Rede de Proteção, realizou uma caminhada com objetivo de mobilizar a sociedade andrelandense sobre a importância da campanha “Faça Bonito - Proteja nossas crianças e adolescentes”, que convida a sociedade para assumir a responsabilidade de prevenir e enfrentar o problema da violência sexual praticada contra crianças e adolescentes.

Os moradores que participaram da ação ainda tiveram a oportunidade de receber a vacina contra a gripe e também assistir a apresentação da Banda São Pio X, patrimônio cultural do município.

Para que o objetivo da campanha seja alcançado, a contribuição da sociedade na proteção das crianças e adolescentes é imprescindível. É preciso assumir o compromisso no enfrentamento da violência sexual, promovendo e se responsabilizando para que o desenvolvimento da sexualidade de crianças e adolescentes aconteça de forma digna, saudável e protegida.

O evento, organizado pelo Departamento de Assistência Social de Andrelândia e equipe do Centro de Referência de Assistência Social (CRAS), contou com o apoio da Prefeitura Municipal, Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA), Secretaria Municipal de Saúde, Escolas, Conselho Tutelar e Polícia Militar.

A Campanha

Dia 18 de maio é comemorado o Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes. A data foi escolhida para manter viva a memória nacional do caso da menina Araceli Cabrera Sánchez Crespo, assassinada violentamente em 18 de maio de 1973, no Espírito Santo. O corpo de Araceli, que tinha apenas 09 anos de idade, foi encontrado com marcas de extrema violência e abuso sexual e os responsáveis pelo crime jamais foram condenados.

A campanha tem como símbolo uma flor, como uma lembrança dos desenhos da primeira infância, além de associar a fragilidade de uma flor com a de uma criança.

No Brasil. cerca de 67,7% das crianças e jovens que sofrem abuso e exploração sexuais são meninas. Os meninos representam 16,52% das vítimas. Os casos em que o sexo da criança não foi informado totalizaram 15,79%. As ligações no Disque 100 são gratuitas, e as denúncias são anônimas. O atendimento é 24h e ocorre inclusive nos domingos e feriados.

PUBLICIDADES
SIGA-NOS
CONTATO
Telefone para contato.: (35) 3332-1008
Textos e contatos em geral: jornalcp@correiodopapagaio.com.br
SAC: online@correiodopapagaio.com.br
R. Ledo, 250 - Centro - São Lourenço - MG