05:38hs
Quinta Feira, 19 de Setembro de 2019
Arantina - Histórico
13/03/2018 15h28

Arantina - Histórico

Arantina é um município brasileiro no interior do estado de Minas Gerais, Região Sudeste do país. Pertence à Mesorregião do Sul/Sudoeste de Minas e Microrregião de Andrelândia e localiza-se a sul da capital do estado, distando desta cerca de 360 km. Ocupa uma área de 89,382 km², sendo que 0,36 km² estão em perímetro urbano, e sua população em 2013 era de 2 888 habitantes, sendo então o 800º mais populoso do estado mineiro.
A sede tem uma temperatura média anual de 21,2 °C e na vegetação do município predomina a mata atlântica. Com 98% da população vivendo na zona urbana, a cidade contava, em 2009, com dois estabelecimentos de saúde. O seu Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) é de 0,736, considerando como médio em relação ao estado.
O povoamento do lugar teve início no decorrer da segunda metade do século XIX, com a construção do trecho da Estrada de Ferro Oeste de Minas (EFOM) que viria a cortar a cidade. Atualmente destacam-se o artesanato produzido no município e eventos realizados anualmente, como o carnaval de Arantina.
A área do atual município começou a ser habitada no decorrer do século XIX, quando estava sendo construída a Estrada de Ferro Oeste de Minas (EFOM). A ferrovia pretendia ligar o sul de Goiás a Angra dos Reis, no Rio de Janeiro, passando por Barra Mansa (RJ), operando trens de passageiros e cargas. Em Arantina havia um entroncamento da EFOM com a Linha da Barra (nome derivado da cidade de Barra do Piraí), ligando Bom Jardim de Minas à linha de Barra Mansa, hoje extinta.
A área do atual município começou a ser habitada no decorrer do século XIX, quando estava sendo construída a Estrada de Ferro Oeste de Minas (EFOM). A ferrovia pretendia ligar o sul de Goiás a Angra dos Reis, no Rio de Janeiro, passando por Barra Mansa (RJ), operando trens de passageiros e cargas. Em Arantina havia um entroncamento da EFOM com a Linha da Barra (nome derivado da cidade de Barra do Piraí), ligando Bom Jardim de Minas à linha de Barra Mansa, hoje extinta.
Um pequeno povoado surgiu às margens da estação ferroviária de Arantes, então situada no município de Mantiqueira (hoje Bom Jardim de Minas). Assim, por vários anos, o povoado que hoje é Arantina pertencia a Bom Jardim de Minas, como na espécie de arraial de Bom Jardim de Minas. O povoado era conhecido como Várzea do Paiol, uma vez que na atual sede do município existia um paiol utilizado para guardar o milho colhido pelo fazendeiro Juca Pereira, dono de grande parte das terras do município.
O povoado se consolidou com a fabricação de cerâmica. Dado o crescimento econômico, pela lei estadual nº 1058, de 31 de dezembro de 1943, cria-se o distrito subordinado a Bom Jardim de Minas, que recebeu seu nome em homenagem à estação ferroviária.
Arantina emancipa-se pela lei estadual nº 2764, de 30 de dezembro de 1962, sendo instalada oficialmente em 1º de março de 1963.

PUBLICIDADES
SIGA-NOS
CONTATO
Telefone para contato.: (35) 3332-1008
Textos e contatos em geral: jornalcp@correiodopapagaio.com.br
SAC: online@correiodopapagaio.com.br
R. Ledo, 250 - Centro - São Lourenço - MG