Estamos de luto pelo Carlinhos do Hospital de Aiuruoca
01:13hs
Terça Feira, 24 de Novembro de 2020
Arantina - Notícias
26/01/2012 16h45

Arantina Arantina brinda 2012 com uma grande festa

Arantina brinda 2012 com uma grande festa

Em frente ao palco, um grande público aguardava o início da festa

Secretário de Turismo de Arantina, André Pires, junto às vocalistas da banda 

Uma festa que se estendeu até às 4 da manhã e com muita segurança

A banda Folia, de São Paulo, garantiu a animação para arantinenses e visitantes

 

Na cidade de Arantina as comemorações do reveillon aconteceram num clima de muita euforia. Os arantinenses, que tradicionalmente realizam uma grande festa para receber o novo ano, desta vez brindaram a cidade e os visitantes com um super show da Banda Folia, de São Paulo, que se estendeu até às 04:00h.

 

Na área reservada às comemorações, a prefeitura instalou um grande palco, muitas tendas e banheiros químicos, visando oferecer o máximo de conforto à população, que pôde desfrutar de um ambiente seguro e muito agradável.

 

À meia noite, uma queima de fogos, que durou aproximadamente quinze minutos, proporcionou um espetáculo de grande beleza, com muitas luzes e cores, atraindo a atenção de todos em vários pontos da cidade, mesmo aqueles muito distantes do local.

 

O evento foi uma promoção da prefeitura de Arantina, organizado por André Bassi Marinho Pires e teve o apoio da Polícia Militar, Secretaria Municipal de Saúde, e sua realização ficou a cargo da Magno Áudio Promoções.

 

A prefeitura lembra aos arantinenses e à região que está preparando para este ano um dos maiores carnavais da cidade.

 

O que é o Reveillon?


O ano novo ou reveillon, termo oriundo do verbo francês ‘réveiller’, que em português significa ‘despertar’, é um evento que caracteriza a celebração do fim de um ano e o começo do próximo. Todas as culturas que têm calendários anuais cultuam esta prática.

 

A comemoração ocidental tem origem num decreto do governador romano Júlio César, que fixou o 1º de janeiro como o Dia do Ano-Novo, em 46 a.C. Os romanos dedicavam esse dia a Jano, o deus dos portões - de quem deriva a expressão ‘janeiro’ -, que possuía duas faces (bifronte), uma voltada para frente, visualizando o futuro, e outra para trás, olhando para o passado).

 

A passagem do ano novo é hoje celebrada por todo o mundo e normalmente envolve queima de fogos de artifício em festas públicas, reuniões familiares ou com amigos, jantares ou ceias festivas e diferentes tipos de promessas e simpatias.

PUBLICIDADES
SIGA-NOS
CONTATO
Telefone para contato.: (35) 3332-1008
Textos e contatos em geral: jornalcp@correiodopapagaio.com.br
SAC: online@correiodopapagaio.com.br
R. Ledo, 250 - Centro - São Lourenço - MG