04:00hs
Terça Feira, 10 de Dezembro de 2019
Arantina - Notícias
30/06/2011 17h07

Arantina Arantina sedia I Encontro de Trilheiros

Arantina sedia I Encontro de Trilheiros

Muita poeira, adrenalina e motores roncando em alto giro marcaram a primeira edição do Encontro de Trilheiros em Arantina, no dia 26 de junho – uma iniciativa da equipe Tiloska Off Road, com o apoio da Prefeitura Municipal, Câmara Municipal e Polícia Militar. O evento foi uma forma que os amigos encontraram para homenagear o piloto Rogério Tiloska, que em 1991 introduziu o enduro de velocidade na cidade, e que atualmente mora em Varginha. A iniciativa, além de estimular várias pessoas, – inclusive os organizadores do Encontro –, contribui significativamente com o turismo local.

 

De acordo com a organização da prova, a cidade recebeu visitantes de várias cidades da região e de outros Estados, como Bom Jardim de Minas, Santa Rita de Jacutinga, Andrelândia, Carvalhos, Angra dos Reis, Volta Redonda, São João Del Rey, Lambari, Baependi, Liberdade, Olaria, Lima Duarte, Juiz de Fora, Rio Preto, Resende e Visconde de Mauá.

 

Os pilotos largaram da praça Rodrigo Marinho Pires e, após uma volta pelas principais ruas da cidade, iniciaram o percurso de 50 km, passando pela serra da Garça, morro da Água Santa, Estiva e Candango.  

 

Além da infraestrutura especialmente preparada para o evento, foi oferecido aos primeiros 150 pilotos café da manhã, almoço com churrasco, troféu, camiseta personalizada e sorteio de brindes.
Destaque para a equipe organizadora: Mário Gomes, Vinicius Namorato, João Paulo Silva, Adriano Gomes, Victor Namorato, Pedro Yuri Oliveira, Lennys Oliveira, Lara Oliveira e Noé.


Fora de Estrada


O termo off Road, do vocabulário inglês, literalmente quer dizer ‘fora de estrada’. Em outras palavras, designa as atividades variadas praticadas em locais desprovidos de estradas pavimentadas, calçadas ou de fácil acesso e trâmite. Geralmente os locais preferidos para prática do off road são os mais distantes de cidades e desprovidos de infra-estrutura urbana. O contato com a natureza é algo desejado e apreciado e o objetivo desta atividade é superar as dificuldades de acesso e transposição impostos pela natureza – como por exemplo a lama, pedras, erosões, subidas e descidas íngremes, neve, alagamentos e outros obstáculos que desafiam a habilidade dos pilotos e provocam a adrenalina em alto giro.

 

Os pilotos largaram da praça Rodrigo Marinho Pires e, após uma volta pelas principais ruas da cidade, iniciaram o percurso de 50 km
Na largada, uma viatura da Polícia Militar acompanhou os pilotos por uma volta pelas principais ruas da cidade
A equipe organizadora e o homenageado Rogério Tiloska
A equipe de pilotos de Santa Rita de Jacutinga Um suculento churrasco foi preparado para os pilotos, no final da prova Os Pilotos reunidos para a competição

 

Atualmente o off road está associado à aventura e à velocidade, considerando que as atividades mais comuns utilizam-se de veículos motorizados como motos, jeeps e camionetes. Mas também existem atividades fora de estrada praticadas com cavalos, bicicletas e também a pé.

 

Agora uma observação curiosa...: o off road motorizado, que hoje é praticado como esporte e terapia, nasceu de uma necessidade de guerra. Isso mesmo. Os primeiros veículos foram criados durante a 2ª Guerra Mundial com o objetivo de penetrar e deslocar tropas e soldados em locais de difícil acesso.

 

Atividades off road podem ser praticadas como lazer e também como competições organizadas. Em termos de competições temos os enduros, rallys, raids.

 

No Brasil, um bom exemplo de modalidades deste segmento é o tradicional Rally dos Sertões, que desde 2004 passou a englobar países vizinhos e é considerado o maior rally da América Latina.
Em termos globais podemos citar Paris-Dakar, considerado o maior e mais perigoso rally do mundo, e também a atividade off road com maior prestígio na mídia.

 

Por sua natureza de ‘desafio’ o off road é tido como atividade de risco e requer o uso de equipamentos de proteção, basicamente capacetes, luvas e óculos de proteção; entretanto, a gama de equipamentos pode variar bastante de acordo com o tipo de atividade praticada... Fora de estrada, claro, e de preferência com muita poeira, lama e apaixonantes desafios.

PUBLICIDADES
SIGA-NOS
CONTATO
Telefone para contato.: (35) 3332-1008
Textos e contatos em geral: jornalcp@correiodopapagaio.com.br
SAC: online@correiodopapagaio.com.br
R. Ledo, 250 - Centro - São Lourenço - MG