01:10hs
Domigo, 22 de Setembro de 2019
Caxambu - Notícias
28/12/2018 11h13

Orquestra de Música de Caxambu abrilhantou o Natal das Águas

Apresentação aconteceu no sábado, dia 15, e emocionou os presentes

Fotos: Will Givago e Márcio Muniz

Orquestra e Coral participaram do Natal das Águas com uma linda apresentação no dia 15 de dezembro

A Orquestra da Escola de Música de Caxambu, mais uma vez, fez uma emocionante apresentação em São Lourenço. A apresentação aconteceu no sábado, dia 15, na Estação e fez parte da programação do Natal das Águas de São Lourenço – Quem Ama Cuida.


A Escola Municipal de Música de Caxambu, prova que através da música é possível construir muito mais que a sonoridade de uma orquestra. Hoje, 250 alunos fazem aulas de música em um curso totalmente gratuito, contando, com 13 professores e mais de 80 instrumentos. Frutos desse trabalho são o Projeto PROESA - Projeto Escola Sinfonia das Águas, o Coral Encanto das Águas e Orquestra da Escola de Música.


O Proesa - Projeto Orquestra Escola Sinfonia das Águas é um projeto de cunho social que foi idealizado no ano de 2015 com o propósito de formar uma Orquestra Sinfônica Jovem de Caxambu, proporcionando a crianças e adolescentes o desenvolvimento de aptidões ainda não exploradas, na música e acima de tudo, no seu desenvolvimento cognitivo.


A ideia inicial surgiu baseada em projetos que já acontecem no Brasil e no exterior, que atuam no âmbito da música erudita formando orquestras sinfônicas com crianças e adolescentes de escolas públicas. Com isso, em outubro de 2015 criou-se a Associação Casa das Artes, uma instituição sem fins lucrativos que, desde então, desenvolve ações culturais no município.


Em 2017 uma média de 50 jovens com idade entre 10 e 18 anos, deu vida real ao projeto, garotos e garotas talentosos, mas sem conhecimentos musicais prévios ou condições de comprar instrumentos. Para ministrar as aulas de instrumentos, o projeto contou com a disponibilidade dos professores capacitados da Escola Municipal de Música de Caxambu, que se disponibilizaram a dar aula também no projeto, além de monitores de música que prestam serviço voluntário.


Nesse ano, cerca de 100 jovens são atendidos e as aulas terão duração de vinte horas semanais. A cada etapa os alunos contarão com oito professores e três monitores de música lhes orientando e por um sistema avaliativo, os alunos que se destacarem serão selecionados para realizar o monitoramento dos demais.


Para o projeto ser colocado em prática, houve a necessidade de aquisição de uma quantidade mínima de instrumentos musicais que compusessem uma orquestra. Os primeiros foram emprestados pela Escola Municipal de Música e mais da metade veio de doações, mas a criação de uma Orquestra só seria possível com apoio e ações de uma organização sem fins lucrativos.


Todos são estudantes de escolas públicas, inscritos (ou não) no Programa Escola em Tempo Integral (ETI) e frequentam as aulas todos os dias, ou seja, tem a oportunidade de praticar seu instrumento de forma contínua, desenvolvendo ainda mais suas habilidades musicais. O objetivo é dar a oportunidade de participarem de um projeto que mude o rumo de suas vidas e ofereça-lhes novas perspectivas. São oferecidas gratuitamente aulas de Violino, Viola de Orquestra, Violoncelo e Contrabaixo Acústico; Saxofone, Clarinete, Oboé, Flauta Transversal e Requinta; Trompete, Trombone de Vara, Trombone de Pisto, Bombardino e Tuba.


Com a aquisição de mais instrumentos, pretende-se aumentar o número de jovens atendidos e, ao final, será realizada apresentação da 1ª Orquestra Sinfônica Jovem do Circuito das Águas, na Praça XVI de Setembro, no centro de Caxambu/MG.


O “Projeto Orquestra Escola Sinfonia das Águas” em sua finalidade educativa, social e cultural atende crianças e adolescentes carentes oriundos de Caxambu e região, definindo a música não só como uma arte de combinações de sons para obter efeitos expressivos, mas também uma melhor oportunidade de aprendizagem, de formação ética e cidadã, estimulando o desenvolvimento sensorial e intelectual, e por consequência seu desempenho pessoal e social, bem como fortalecer o protagonismo frente à sociedade,
despertando nestes alunos o interesse em serem multiplicadores desta ação na comunidade em que estão inseridos. O termo erudito provém do latim ‘eruditos’, significando ‘educado’ ou ‘instruído’, esta é a essência do PROESA, de transformar crianças e jovens da nossa cidade e da região, através da socialização cultural e da educação musical. Eles aprendem música, mas também convívio social. A experiência faz com que eles cresçam.


Outro fator é a possibilidade da periferia dessas cidades de terem acesso a uma boa educação musical erudita, tirando as crianças e adolescentes da marginalidade. Nesse caso, o projeto tem uma sustentabilidade na contribuição cultural, social e na formação do caráter do individuo e até mesmo como uma profissão. O projeto também atenderá crianças e adolescentes moradores da Casa da Criança, que é um lar destinado a crianças em situação de vulnerabilidade social.


O Projeto Orquestra Escola Sinfonia das Águas atende crianças e adolescentes com idade entre 10 e 18 anos, estudantes de escolas públicas, integrantes ou não do Programa Escola em Tempo Integral (ETI) e moradores da Associação Casa da Criança (Caxambu).

PUBLICIDADES
SIGA-NOS
CONTATO
Telefone para contato.: (35) 3332-1008
Textos e contatos em geral: jornalcp@correiodopapagaio.com.br
SAC: online@correiodopapagaio.com.br
R. Ledo, 250 - Centro - São Lourenço - MG