23:43hs
Quarta Feira, 13 de Novembro de 2019

Leia nossas últimas edições

Correio do Papagaio - Edição 1390
Correio do Papagaio - Edição 1393
Ciência e Tecnologia
24/10/2012 09h23

Ciência e Tecnologia O que esperar do Windows 8

O que esperar do Windows 8


Conforme anunciado pela Microsoft, a versão final do sistema operacional Windows 8 vai estar disponível para venda no dia 26 de outubro. Com a sua interface gráfica totalmente reformulada, a nova versão da plataforma conta com várias melhorias.

Os usuários já puderam conferir algumas delas nas versões de avaliação que foram disponibilizadas ao longo deste ano. Mas, o que realmente esperar desse lançamento? Quais serão os computadores suportados pelo Windows 8?

Suporte a hardware

Os usuários que testaram as outras versões de avaliação do sistema puderam comprovar na prática o crescente suporte ao hardware, considerado um recurso fundamental para o bom funcionamento do sistema. Conforme declaração de Kevin Turner, COO da Microsoft, todo o hardware suportado pelo Windows 7 também será suportado pelo Windows 8. Neste site é possível verificar uma lista completa de hardware e programas compatíveis com o Windows 8.

Porém, de acordo com a Microsoft, existem requisitos mínimos para a instalação do sistema:

– Processador de 1 GHz ou superior;
– 1 GB de memória RAM para instalação 32 bits ou 2 GB para instalação de 64 bits;
– 16 GB de espaço livre no disco rígido para a instalação de 32 bits ou 20 GB livres para a instalação 64 bits;
– Placa de vídeo com Direct X 9 com driver WDDM;
– Monitor com resolução mínima de 1024X768.

As novidades

A mudança mais evidente está na nova interface gráfica. Agora, ela tem ícones que possuem funcionalidade de aplicativos distribuídos num mosaico de blocos. Também conhecida como “metro”, para usuários do sistema no desktop, esse novo conceito de interface pode parecer estranho no primeiro contato. Mas, em telas sensíveis ao toque, melhora a experiência de uso do sistema.

Outra melhoria significativa foi no consumo de processador e memória RAM, mesmo com uma interface repleta de efeitos. O desempenho do sistema indica uma clara otimização dos recursos para melhor aproveitar o consumo de hardware. Essa otimização se deve a um novo comportamento implementado nessa versão, pois os programas que estiverem abertos e não estiverem sendo usados entram em uma espécie de “modo repouso”. Com isso, deixam de consumir desnecessariamente recursos do PC.

O novo navegador de internet padrão do sistema, o Internet Explorer 10, também recebeu melhorias e está interligado com o Abobe Flash para oferecer uma renderização mais eficiente do conteúdo web. Já existem milhares de aplicativos disponíveis na Windows Store. Muitos deles também estarão disponíveis em dispositivos móveis equipados com o Windows Phone. Com a possibilidade de que o usuário mantenha na nuvem as suas configurações básicas de todos os seus computadores, era um recurso nativo do sistema operacional que estava faltando.

Nesta edição do sistema operacional estão previstas edições distintas para desktops, notebooks e tablets. Isso se deve ao tipo de processador empregado em alguns modelos de dispositivos móveis. Para eles, estará disponível o Windows 8 RT, adequado para processadores ARM. Vale salientar que os programas criados para o Windows 7 devem rodar no Windows 8. Porém, não serão suportados pela versão destinada à plataforma móvel.

Recomendações na hora de atualizar

– O primeiro passo é fazer uma cópia de segurança de todos os arquivos importantes;
– Salve todos os drivers possíveis;
– Liste os programas permitidos e que deverão ser instalados na nova versão do sistema;
– Só realize a instalação usando fontes do instalador disponibilizado pelo site do desenvolvedor do sistema.


 

 

 

 

Fonte: G1

PUBLICIDADES
SIGA-NOS
CONTATO
Telefone para contato.: (35) 3332-1008
Textos e contatos em geral: jornalcp@correiodopapagaio.com.br
SAC: online@correiodopapagaio.com.br
R. Ledo, 250 - Centro - São Lourenço - MG