03:20hs
Quarta Feira, 13 de Novembro de 2019
Cruzília - Notícias
09/02/2017 16h23

Cruzília pode ter melhorias no trevo de acesso ao município

DNIT realiza estudo de viabilidade técnica e econômica para a reforma do local

Vista aérea do trevo no km 290

O trevo de acesso à Cruzília pode ser totalmente reformado. A superintendência regional do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) recebeu uma solicitação, de cunho emergencial, que pede uma solução para a reformulação do local. O requerimento foi feito pelo deputado Carlos Melles (DEM), em 11 de janeiro deste ano.

O trevo de acesso ao município está localizado no km 290, da BR-267 (Rodovia Vital Brasil). No documento, Mendes alega que aquela região é perigosa e conhecida por registrar graves acidentes. A ocorrência mais recente, na entrada do trevo da cidade, ocorreu em janeiro, quando quatro pessoas morreram após uma colisão transversal entre um caminhão e um carro. O veículo de passeio atravessava a via para entrar no trevo ao mesmo tempo em que o caminhão seguia em direção à cidade de Alagoa.

Em 2015, houve outra colisão transversal também na entrada do município. No mesmo ano, a Polícia Rodoviária Federal (PRF) registrou 368 acidentes em toda a extensão da Vital Brasil. Já em 2016, foram 380 gerando aumento de 3,2% na comparação entre os períodos.

Embora, a rodovia seja de pista simples, a falta de respeito dos condutores ao limite de velocidade e placas de sinalização pode ser um dos principais causadores de acidentes na via. Entretanto, o aumento expressivo da frota de caminhões também pode explicar essas ocorrências no trecho. “Pelo fato de ser pista simples, uma ultrapassagem indevida pode acarretar acidente de grandes proporções. O trânsito de veículos de carga também aumentou, uma vez que a via não possui concessionárias e pedágios. A rota passa a ser um meio alternativo para as transportadoras e consequentemente esses veículos respondem por boa parte dos acidentes”, esclarece Mauro Mansilha, Chefe da 9ª Delegacia da PRF de Caxambu.

A instalação de radares pode ser uma medida para amenizar o índice de acidentes naquela região. Embora não seja o suficiente, o Deputado Carlos Melles defende a ideia e acredita que esta “será uma medida a ser adotada em um prazo médio. Esta e outras formas de segurança no local já estão em discussão com a autoridade rodoviária responsável”.

O Deputado fala ainda que a reformulação geral no trevo será feita de forma a oferecer segurança para quem faz a conversão para acessar Cruzília, como também para quem trafega nos dois sentidos da Rodovia Vital Brasil. Sobre a reforma, o Deputado acrescenta, “a forma mais adequada seria uma rotatória estendida ou passagem inferior, mas fica a cargo dos engenheiros do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes, que são altamente especializados”.

No entanto Melles ressalta que a obra é de alto custo, o que demanda orçamento e elaboração de projeto. Por este motivo, segundo ele, a forma imediata e mais eficaz de garantir a segurança do trânsito no local é a instalação de redutores de velocidade, quebra molas ou radares. “Outro ponto importante será um reforço na sinalização, em pontos estratégicos, e também uma campanha de conscientização dos motoristas e demais usuários da via”, enfatiza.

Enquanto isso, o DNIT informou que realiza o estudo de viabilidade técnica e econômica para a reformulação do trevo.

Trevo de acesso à Cruzília, na BR-267 (Rodovia Vital Brasil)

PUBLICIDADES
SIGA-NOS
CONTATO
Telefone para contato.: (35) 3332-1008
Textos e contatos em geral: jornalcp@correiodopapagaio.com.br
SAC: online@correiodopapagaio.com.br
R. Ledo, 250 - Centro - São Lourenço - MG