05:36hs
Quinta Feira, 19 de Setembro de 2019
Dom Viçoso - Notícias
30/03/2017 14h54

Pintura em tecido tem gerado renda para famílias atendidas pelo CRAS

Simone Lucy Silvério participa da oficina e hoje vende seus tecidos para países como Estados Unidos e Portugal

Alunas da Ofina de Pintura em aula prática

Muito mais do que pintar é poder relaxar e tirar das costas o peso carregado com os problemas do dia a dia. É exatamente este o efeito gerado àqueles que participam do Curso de Pintura em Tecido do CRAS (Centro de Referência da Assistência Social) de Dom Viçoso.

A oficina do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos é voltada ao público feminino e tem, entre outras coisas, a finalidade de incentivar a socialização e a convivência comunitária, buscando desenvolver o sentimento de pertencimento e identidade.

De acordo com o CRAS, a iniciativa promove ainda a construção e reconstrução da história de cada mulher, com função protetiva às famílias e contribui para melhor qualidade de vida. É por meio desta oficia também, conforme informa o CRAS, que ocorre o resgate da autoestima e cidadania das mulheres.

Maria das Graças Fonseca, professora da oficina de Pintura em Tecido, diz que esta prática é a mais procurada no CRAS. “A oficina é o carro chefe de todas as demais oferecidas pelo CRAS. Durante as aulas, as mulheres têm a oportunidade de relaxar, de se desligar do cotidiano. As alunas saem da rotina de dona de casa, por exemplo, e fazem deste momento uma grande terapia”, ressalta.

Ao todo são cinco turmas, com 69 participantes. O curso acontece duas vezes por semana em lugares distintos da cidade, como no bairro Viçoso Velho; bairro Serrinha e no bairro da Bocaina. Para participar é preciso ter entre 18 e 60 anos e fazer parte das famílias beneficiadas pelo Programa Bolsa Família e usuárias da política de Assistência Social.

Uma das alunas da oficina aprendeu a técnica de pintura em tecido e hoje faz deste projeto o seu trabalho e, consequentemente, geração de renda. Simone Lucy Silvério Lemes é dedicada e se empenha ao máximo para aprender muito mais. Atualmente, os panos pintados por ela é vendido não apenas na cidade e região, mas também em outros países como Portugal e Estados Unidos.

A professora Maria das Graças, sente-se honrada em poder partilhar seus conhecimentos e mudar a realidade de suas alunas. “Sinto-me agradecida e feliz em poder partilhar minhas habilidades. Gosto de ensinar e me sinto realizada quando elas se realizam. É um imenso prazer estar junto com elas e modificarmos nossas realidades juntas”, enfatiza.

O CRAS salienta, porém, que as turmas já estão completas e não há mais vagas. De ano em ano são abertas novas turmas. As munícipes interessadas devem procurar o Centro de Referência da Assistência Social da cidade e deixar seus nomes na lista de espera.

PUBLICIDADES
SIGA-NOS
CONTATO
Telefone para contato.: (35) 3332-1008
Textos e contatos em geral: jornalcp@correiodopapagaio.com.br
SAC: online@correiodopapagaio.com.br
R. Ledo, 250 - Centro - São Lourenço - MG