09:25hs
Quarta Feira, 26 de Junho de 2019

Leia nossas últimas edições

Correio do Papagaio - Edição 1342
Correio do Papagaio - Edição 1356
Economia
19/03/2019 17h40

Bolsas da Europa fecham em alta de olho no Fed, mas com cautela sobre Brexit

As bolsas da Europa fecharam em alta nesta terça-feira, 19, em meio à expectativa dos investidores com a reunião do Federal Reserve (Fed, o banco central americano), que começou nesta terça e termina na quarta, 20, e das incertezas em torno do Brexit.

O índice pan-europeu Stoxx 600 fechou em alta de 0,57%, em 384,29 pontos. Em Londres, o índice FTSE-100 avançou 0,34% em 7.324,00; em Frankfurt, o índice DAX subiu 1,13%, em 11.788,41; em Paris, o índice CAC-40 fechou em alta de 0,24%, em 5.425,90 pontos; em Milão, o índice FTSE-MIB subiu 0,92%, em 21.430,35 pontos; em Madri, o índice IBEX 35 fechou em alta de 0,88%, em 9.492,30 pontos; e em Lisboa o índice PSI 20 fechou em alta de 0,32%, em 5.300,51 pontos.

Em um contexto de desaceleração global, os investidores do mercado estão apostando que o Fed irá manter a postura dovish, ou seja, continuará com uma política de estímulos financeiros com a manutenção dos juros básicos e a redução de projeções para futuros aumentos das taxas, tornando os investimentos em ações mais atraentes.

Apesar do otimismo com a política monetária do outro lado do Atlântico, as incertezas em torno do Brexit permanecem no radar dos investidores. Na segunda-feira, o presidente da Câmara dos Comuns, John Bercow, descartou a possibilidade de uma terceira votação do acordo do Brexit da primeira-ministra, Theresa May, porque de acordo com ele, para que o texto que foi rejeitado duas vezes no Parlamento seja votado novamente, deve haver mudanças. A interferência atrapalhou os planos de Downing Street porque o governo vinha costurando novos apoios à proposta de May para que uma votação ocorresse nesta terça ou na quarta, antes do encontro do Conselho Europeu, na quinta-feira.

No mercado acionário, destacaram-se, principalmente, as montadoras de automóveis. Após o presidente da holding FFP, da família Peugeot, dizer ao jornal francês Los Echos que a companhia estaria pronta para uma fusão ou aquisição da Fiat Chrysler Automobiles (FCA). As ações da FCA subiram 5,01%, enquanto as da Peugeot avançaram 2,74%. Na esteira das altas de segunda, a mineradora Antofagasta subiu 2,77% em Londres após anunciar o pagamento de dividendos maior do que o esperado.

Fonte: Estadão Conteúdo
PUBLICIDADES
SIGA-NOS
CONTATO
Telefone para contato.: (35) 3332-1008
Textos e contatos em geral: jornalcp@correiodopapagaio.com.br
SAC: online@correiodopapagaio.com.br
R. Ledo, 250 - Centro - São Lourenço - MG