15:23hs
Sexta Feira, 20 de Maio de 2022

Leia nossas últimas edições

Leia agora o Correio do Papagaio - Edição 1643
Esportes
23/11/2014 16h10

'Achei que a vitória era possível', afirma Massa

Felipe Massa deixou o melhor para o final. Após subir ao pódio no Brasil, na penúltima etapa da temporada, o brasileiro brilhou no GP de Abu Dabi neste domingo. Ele fez sua melhor corrida do ano e esteve perto de ameaçar o triunfo de Lewis Hamilton, que venceu a corrida e se tornou o mais novo bicampeão da Fórmula 1.

Massa largou do quarto posto, mas subiu para terceiro logo na saída. Na metade da prova, deixou Nico Rosberg, com problemas em sua Mercedes, para trás. Depois liderou a corrida antes de fazer sua segunda parada e passou a descontar a cada volta a vantagem de Hamilton. Poderia até protagonizar um duelo com o inglês se houve mais voltas na prova.

"Eu não esperava por isso, não esperava contar com este ritmo", disse o brasileiro, admitindo a surpresa com o bom rendimento no Circuito de Yas Marina. "Até tentei me aproximar, mas Lewis estava um pouco mais rápido".

Massa acreditou na possibilidade de vencer quando trocou os pneus e voltou para a pista em melhor ritmo. A vantagem de 11 segundos logo caiu para apenas 3 e não caiu mais porque o brasileiro perdeu tempo com dois retardatários - um deles o próprio Rosberg, que terminou a corrida somente em 14º.

"Quando faltavam 10 voltas para o fim, eu disse 'se os pneus se mantiverem assim, eu posso vencer a corrida'. Mas os pneus começaram a se degradar um pouco", lamentou o piloto da Williams. "Nas últimas quatro voltas, eu simplesmente não tinha mais pneus para buscá-lo, como eu estava fazendo antes."

Para o brasileiro, os dois pódios consecutivos neste fim de temporada dão nova motivação para o próximo campeonato. "Espero que esse já seja o começo do próximo ano", projetou Massa. "Neste ano pudemos brigar de novo pela vitória. Isso me deixa muito mais motivado para seguir trabalhando duro todo dia."

Com o segundo lugar de Massa e o terceiro de Valtteri Bottas, a Williams voltou a obter uma dobradinha na Fórmula 1, o que não acontecia desde 2005. "Isso nos mostra como evoluímos durante a temporada", comentou o piloto finlandês, que terminou o Mundial de Pilotos no surpreendente quarto lugar.

No Mundial de Construtores, a Williams confirmou o terceiro lugar, deixando a Ferrari para trás. A equipe britânica saltou seis posições em comparação com o ano passado, quando não passou do modesto 9º lugar. Trata-se do melhor resultado do time desde o segundo lugar obtido em 2003.

Fonte: Estadão Conteúdo
PUBLICIDADES
Dra Milena Psicologa
SIGA-NOS
CONTATO
Telefone: (35) 99965-4038
E-mail: comercial@correiodopapagaio.com.br
R. Dr. Olavo Gomes Pinto, 61 - Sala 207 - Centro - São Lourenço - MG