23:40hs
Sexta Feira, 24 de Novembro de 2017

Leia nossas últimas edições

Correio do Papagaio - Edição 1047
Correio do Papagaio - Edição 1054
Esportes
23/10/2017 17h40

Buffon é o melhor goleiro e Zidane é eleito melhor técnico da temporada pela Fifa

A noite de gala da Fifa para a entrega de seus prêmios anuais reverenciou dois dos maiores nomes do futebol europeu nos últimos tempos. Melhor jogador do mundo em 1998, 2000 e 2003, o francês Zinedine Zidane voltou a ser eleito o melhor em seu cargo, mas desta vez como técnico. Já o italiano Gianluigi Buffon foi reconhecido como melhor goleiro da temporada 2016/2017.

Zidane se tornou o primeiro nome a ser eleito o melhor do mundo como jogador e como técnico pela Fifa. E este feito se tornou possível depois de levar o Real Madrid ao título da Liga dos Campeões pelo segundo ano consecutivo. Com isso, deixou para trás Massimiliano Allegri, da Juventus, e Antonio Conte, do Chelsea, com quem disputou a premiação.

"É uma honra estar aqui diante desses jogadores, de todas estas pessoas. É muito especial, jamais pensei que receberia algo tão importante. Agradeço a todo o mundo do futebol, os técnicos, mas principalmente os jogadores, que fazem o espetáculo. Agradeço também a Antonio (Conte) e Massimiliano (Allegri). Quero agradecer também ao Real, que me deu a oportunidade de treinar estes jogadores", declarou após receber o troféu de Claudio Ranieri.

Na decisão da última Liga dos Campeões, o Real de Zidane derrotou a Juventus de Buffon, que falhou na tentativa de chegar a seu primeiro título da competição, mas nem por isso foi esquecido pela Fifa. E mesmo já com 39 anos, o goleiro foi reconhecido como o melhor de sua posição na temporada, depois de ser fundamental na conquista de sexto título consecutivo do Campeonato Italiano pelo clube de Turim.

"Estou muito feliz, porque é uma enorme honra receber este prêmio, principalmente na minha idade. Estou orgulhoso do que fiz. Mas também quero agradecer meu clube, meu técnico, meus companheiros. Eles me ajudam a tornar possível essa realização. Quero agradecer todas as pessoas que votaram em mim. Acho que o ano passado foi incrível para a Juventus", disse Buffon, que recebeu o troféu das mãos de Peter Schmeichel e tinha como concorrentes Keylor Navas, do Real Madrid, e Manuel Neuer, do Bayern de Munique.

PRÊMIO PUSKÁS - Na festa de gala, a Fifa também premiou o gol mais bonito da temporada 2016/2017. E o francês Olivier Giroud ficou com o troféu pelo golaço marcado diante do Crystal Palace, logo em 1.º de janeiro, pelo Campeonato Inglês. Na ocasião, o jogador se lançou para acertar a bola com o calcanhar, quando ela passava por seu corpo, e a jogou no ângulo do goleiro.

A manobra de Giroud para marcar o golaço o fez deixar para trás seus dois concorrentes na final: a venezuelana Deyna Castellanos, que marcou do meio de campo diante de Camarões no último Mundial Sub-17, e o sul-africano Oscarine Masuluke, goleiro que marcou de bicicleta durante jogo de seu Baroka contra o Orlando Pirates, pelo Campeonato da África do Sul.

OUTROS PRÊMIOS - A Fifa também anunciou Sarina Wiegman como melhor treinadora do futebol feminino. Ela disputava com o francês Gerard Precheur, do Lyon, e Nils Nielsen, da Dinamarca, mas levou a melhor depois de conduzir a Holanda ao título da Eurocopa desde ano, em casa, derrotando justamente a seleção dinamarquesa na decisão.

O prêmio de melhor torcida foi para a do Celtic, da Escócia, pela festa realizada diante do Hearts em homenagem ao 50º aniversário do título europeu de 1967. Já o jogador togolês Francis Kone ficou com o Prêmio Fair Play, por ter ajudado a salvar a vida de um adversário que sofreu um colapso em campo no Campeonato Checo.

Fonte: Estadão Conteúdo
SIGA-NOS
CONTATO
Telefone para contato.: (35) 3332-1008
Textos e contatos em geral: jornalcp@correiodopapagaio.com.br
SAC: online@correiodopapagaio.com.br
R. Ledo, 250 - Centro - São Lourenço - MG