21:17hs
Segunda Feira, 23 de Maio de 2022

Leia nossas últimas edições

Leia agora o Correio do Papagaio - Edição 1643
Esportes
26/11/2014 08h50

Carlos Eduardo Pereira é eleito presidente do Botafogo

Veterano nos corredores de General Severiano, Carlos Eduardo Pereira é o novo presidente do Botafogo e assume o clube já nesta quarta-feira. O empresário de 56 venceu as eleições realizadas durante a terça-feira e cujo resultado só foi oficializado na madrugada. Liderando a chapa "Oposição Unida", ele recebeu 442 votos dos totais 1.225 e vai ficar à frente do clube pelo triênio 2015/2016/2017.

Membro ativo do conselho deliberativo, Carlos Eduardo estava em sua segunda candidatura à presidência do Botafogo. Ele venceu as eleições com margem de apenas 95 votos para a chapa encabeçada por Thiago Cesário Alvim, novato no pleito, mas que representava um grupo forte dentro do clube, cheio de figurões. Marcelo Guimarães obteve 234 votos, contra 200 de Vinicius Assumpção.

"É uma responsabilidade muito grande. Esses eleições passaram uma mensagem muito importante, que nós precisamos unir o clube. Não vamos deixar que toda essa mobilização dos botafoguenses seja perdida. Todos os botafoguenses têm que ter consciência de que 2015 vai ser um ano muito difícil e por isso precisamos do apoio de todos. Estamos orgulhosos, mas cientes da nossa responsabilidade. E com a certeza de que vamos lutar para não causar nenhum tipo de decepção", disse o novo presidente do Botafogo.

Atual mandatário do clube, Maurício Assumpção não conseguiu emplacar um candidato e, de tão impopular, sequer apoiou qualquer uma das quatro chapas. Para evitar protestos, não apareceu para votar. O dirigente, que ficou seis anos no cargo depois de surgir em 2009 como uma promessa de renovação na política do clube, deixa o Botafogo praticamente rebaixado para a Série B do Brasileirão.

A equipe soma apenas 33 pontos e precisa de um milagre para se salvar - além de ganhar os dois últimos jogos, precisa que o Palmeiras perca suas duas partidas, que o Vitória não some mais que um ponto e o Bahia não ganhe seus dois próximos confrontos. Mesmo se tudo isso acontecer, ainda é necessário tirar oito gols de saldo par os paulistas.

Fonte: Estadão Conteúdo
PUBLICIDADES
SIGA-NOS
CONTATO
Telefone: (35) 99965-4038
E-mail: comercial@correiodopapagaio.com.br
R. Dr. Olavo Gomes Pinto, 61 - Sala 207 - Centro - São Lourenço - MG