19:33hs
Sábado, 21 de Maio de 2022

Leia nossas últimas edições

Leia agora o Correio do Papagaio - Edição 1643
Esportes
23/11/2014 21h35

Coritiba vence, sai do sufoco e deixa Palmeiras na pior

O Coritiba ganhou o confronto direto com o Palmeiras por 2 a 0, na noite deste domingo, no Estádio Couto Pereira, em Curitiba, pela 36ª rodada do Brasileirão. Com a importante vitória, a equipe catarinense saiu do sufoco, ao deixar a zona de rebaixamento, e complicou definitivamente a situação palmeirense.

Depois da traumática inauguração do Allianz Parque, quando perdeu para o Sport por 2 a 0 na quarta-feira, o Palmeiras somou neste domingo a quarta derrota seguida - antes, foi batido também por Atlético-MG e São Paulo. Assim, ficou com 39 pontos, apenas um na frente do Vitória, que abre a zona de rebaixamento.

Nas duas últimas rodadas do campeonato, o Palmeiras pega o Inter no Beira-Rio e recebe o Atlético-PR no Allianz Parque. Se ganhar as duas vezes, escapa de mais um rebaixamento. Mas parece difícil imaginar que conseguirá tal feito. A torcida palmeirense, portanto, já torce por tropeços do Vitória contra Flamengo e Santos.

Para o Coritiba, a vitória deste domingo foi decisiva. Venceu um concorrente direto e ainda conseguiu ultrapassá-lo. Assim, saiu da zona de rebaixamento, agora com 41 pontos, e vai para as duas últimas rodadas em situação mais confortável - enfrentará o Atlético-MG (fora) e o Bahia (em casa).

JOGO - Desesperado, o Palmeiras fez uma aposta arriscada neste domingo, ao escalar Valdivia como titular. Depois de passar a semana inteira fazendo tratamento intensivo, por causa de um edema na coxa esquerda sofrido quando defendia a seleção chilena, o meia entrou em campo claramente sem condições.

Jogando no sacrifício, Valdivia aguentou somente 45 minutos, mas fez apenas figuração quando esteve em campo. Para compensar o fato do chileno não suportar o ritmo, o técnico Dorival Júnior escalou o time com quatro volantes (Renato, Washington, Victor Luís e Wesley) e deixou apenas Henrique no ataque.

Como era de se esperar num confronto direto entre dois times que lutam contra o rebaixamento, o jogo deste domingo foi muito brigado e com poucas jogadas de efeito. Apostando no contra-ataque, o Palmeiras criou boa chance aos 12 minutos, quando Wesley invadiu a área e chutou cruzado para boa defesa de Vanderlei.

O Coritiba esteve mais presente no ataque, mas também criou poucos lances de perigo. Teve alguns chutes de fora da área, parando sempre em Fernando Prass. E chegou a fazer um gol aos 25 minutos, com Zé Eduardo, mas o árbitro anulou a jogada ao marcar uma falta de Leandro Almeida em Lúcio na disputa pelo alto.

Depois de se arrastar em campo durante os 45 minutos iniciais, Valdivia foi substituído pelo atacante Diogo no intervalo. Em tese, o Palmeiras teria mais força ofensiva, pois ganhava um jogador em condições de correr. Mas foi o Coritiba quem voltou melhor, pressionando em busca do primeiro gol.

O placar foi aberto logo aos nove minutos, quando Zé Eduardo pegou uma sobra dentro da área e soltou a bomba para fazer 1 a 0. Atordoado, o Palmeiras não conseguiu reagir. E o Coritiba continuou pressionando: quase ampliou aos 14, em chute cruzado de Alex que exigiu uma difícil defesa de Fernando Prass.

Diante da passividade palmeirense, Dorival Júnior resolveu reforçar o ataque, colocando o atacante argentino Cristaldo no lugar do volante Washington. Mas não adiantou muita coisa. Pior: o Coritiba voltou a marcar. Aos 25 minutos, Alex rolou para Joel, completamente livre dentro da área, ampliar para 2 a 0.

Desorganizado em campo, o Palmeiras pouco conseguiu ameaçar o goleiro Vanderlei, mesmo precisando desesperadamente reagir na partida. O Coritiba, por sua vez, passou a jogar com tranquilidade, criando novas chances para ampliar. Não marcou mais nenhum gol, mas a vitória por 2 a 0 já foi mais do que suficiente.

FICHA TÉCNICA:

CORITIBA 2 X 0 PALMEIRAS

CORITIBA - Vanderlei; Luccas Claro, Leandro Almeida e Welinton (Bonfim); Norberto, Helder, Robinho (Sérgio Manoel), Alex e Carlinhos; Zé Eduardo (Dudu) e Joel. Técnico: Marquinhos Santos.

PALMEIRAS - Fernando Prass; João Pedro, Lúcio, Nathan e Juninho (Allione); Washington (Cristaldo), Renato, Victor Luís, Wesley e Valdivia (Diogo); Henrique. Técnico: Dorival Júnior.

GOLS - Zé Eduardo, aos nove, e Joel, aos 25 minutos do segundo tempo.
ÁRBITRO - Elmo Alves Resende Cunha (GO).
CARTÃO AMARELO - Zé Eduardo, Welinton e Carlinhos (Coritiba); Renato, Allione, Juninho e Nathan (Palmeiras).
RENDA E PÚBLICO - Não disponíveis.
LOCAL - Estádio Couto Pereira, em Curitiba (PR).

Fonte: Estadão Conteúdo
PUBLICIDADES
SIGA-NOS
CONTATO
Telefone: (35) 99965-4038
E-mail: comercial@correiodopapagaio.com.br
R. Dr. Olavo Gomes Pinto, 61 - Sala 207 - Centro - São Lourenço - MG