Estamos de luto pelo Carlinhos do Hospital de Aiuruoca
14:14hs
Quarta Feira, 25 de Novembro de 2020

Leia nossas últimas edições

Correio do Papagaio - Edição 1488
Correio do Papagaio - Edição 1492
Esportes
04/09/2020 23h00

Djokovic arrasa alemão e vai às oitavas no US Open; Osaka e Kerber vencem

Imbatível na temporada 2020, o sérvio Novak Djokovic fez mais uma vítima no US Open, nesta sexta-feira. O número 1 do mundo arrasou o alemão Jan-Lennard Struff por 3 sets a 0, com parciais de 6/3, 6/3 e 6/1, em 1h43min. Na chave feminina, a japonesa Naomi Osaka e alemã Angelique Kerber também garantiram suas vagas nas oitavas de final, em Nova York.

Contra o 29º colocado do ranking, Djokovic foi pouco ameaçado nesta sexta. Struff chegou a ter quatro break points, mas o favorito salvou todos. Além disso, o sérvio faturou cinco quebras, em 11 oportunidades, contra o um rival conhecido pelo potente serviço. O forte desempenho aumentou ainda mais o favoritismo de Djokovic, campeão do US Open em 2011, 2015 e 2018.

De quebra, o líder do ranking manteve a invencibilidade no ano. Até agora são 26 jogos e 26 vitórias. No total, ele exige uma série invicta de 29 partidas, contando três ainda da temporada passada. Nas oitavas de final, seu adversário será o espanhol Pablo Carreño Busta, 20º cabeça de chave, que avançou ao superar o lituano Ricardas Berankis por 6/4, 6/3 e 6/2.

O alemão Alexander Zverev, quinto cabeça de chave, também avançou nesta sexta. Após aguardar horas para entrar em quadra, em função de uma mudança de última hora na programação, ele derrotou o francês Adrian Mannarino (32ª pré-classificado) por 3 a 1, com parciais de 6/7 (4/7), 6/4, 6/2 e 6/2.

A USTA, responsável por organizar o US Open, não deu detalhes sobre os motivos da mudança de horário do jogo de Zverev, mas indicou que a causa tem relação com o fato de Mannarino ter tido contato com o seu compatriota Benoit Paire, que testou positivo para covid-19 antes do início do torneio.

De acordo com informações não oficiais, as autoridades de saúde de Nova York descobriram que Mannarino e mais dez pessoas que tiveram contato com Paire antes do resultado do teste estavam participando normalmente do torneio e tentaram impedir o francês de jogar, por temer uma possível contaminação de outras pessoas. A história acabou se tornando um dos principais assuntos do dia no complexo do US Open.

O próximo rival de Zverev será o jovem espanhol Alejandro Davidovich Fokina, algoz do britânico Cameron Norrie por 7/6 (7/2), 4/6, 6/2 e 6/1.

Ainda nesta sexta, avançaram o belga David Goffin (7º) e o canadense Denis Shapovalov (12º), que vão se enfrentar nas oitavas. Goffin derrotou o sérvio Filip Krajinovic (26º) por 6/1, 7/6 (7/5) e 6/4. Shapovalov eliminou, por sua vez, o local Taylor Fritz (19º) por 3/6, 6/3, 4/6, 7/6 (7/5) e 6/2.

FEMININO - Osaka e Kerber foram os destaques do começo do dia. Forte candidata a título, a japonesa oscilou nesta sexta, mas eliminou a consistente ucraniana Marta Kostyuk por 6/3, 6/7 (4/7) e 6/2. Nas oitavas, a quarta cabeça de chave terá pela frente a estoniana Anett Kontaveit (14ª), que despachou a polonesa Magda Linette (24ª) por 6/3 e 6/2.

Kerber, por sua vez, vem mostrando solidez a cada jogo, mesmo sem estar entre as mais cotadas antes do início da competição. Nesta sexta, a 17ª cabeça de chave derrotou a local Ann Li por 6/3 e 6/4. Na sequência, ela enfrentará outra tenista da casa, Jennifer Brady (28ª), que avançou ao superar a francesa Caroline Garcia (32ª) por duplo 6/3.

Também avançaram a croata Petra Martic (8ª), a casaque Yulia Putintseva (23ª) e a local Shelby Rogers.

Fonte: Estadão Conteúdo
PUBLICIDADES
SIGA-NOS
CONTATO
Telefone para contato.: (35) 3332-1008
Textos e contatos em geral: jornalcp@correiodopapagaio.com.br
SAC: online@correiodopapagaio.com.br
R. Ledo, 250 - Centro - São Lourenço - MG