15:21hs
Sexta Feira, 20 de Maio de 2022

Leia nossas últimas edições

Leia agora o Correio do Papagaio - Edição 1643
Esportes
18/11/2014 13h00

Doha é eleita sede do Mundial de Atletismo de 2019

Doha foi oficialmente eleita, nesta terça-feira, a sede do Mundial de Atletismo de 2019. A capital do Catar venceu a disputa que travou com Barcelona e Eugene (Estados Unidos) para ser a sede do evento, após votação secreta realizada pelo conselho diretivo da Associação das Federações Internacionais de Atletismo (IAAF, na sigla em inglês).

A cidade catariana acabou triunfando nesta votação depois de ter fracassado na tentativa de abrigar o Mundial de 2017 da modalidade, que ocorrerá em Londres, dois anos após Pequim, na China, receber a próxima edição da competição.

O anúncio que confirmou Doha como sede do 17º Mundial de Atletismo foi feito em Mônaco, durante congresso da IAAF, onde as três cidades candidatas fizeram suas apresentações finais ao conselho diretivo da entidade, que conta com 27 membros.

Para ser eleita na primeira rodada da votação, Doha precisava ter pelo menos 14 dos 27 votos, mas recebeu 12, contra 9 de Eugene e 6 de Barcelona, então já eliminada nesta fase inicial do pleito. Assim, houve uma segunda rodada de votação, na qual a capital do Catar venceu a candidata norte-americana de forma apertada, por 15 a 12.

Derrotada com folga nesta disputa, Barcelona também havia se candidatado a abrigar o Mundial de 2013, que acabou acontecendo em Moscou, capital russa eleita após levar a melhor em disputa que contava também como Brisbane, na Austrália, como concorrente.

O Catar, por sua vez, venceu a disputa para abrigar mais um grande evento do calendário do esporte depois de ter sido alvo de polêmica por conta da Copa do Mundo de 2022, que também será realizada no país.

Por causa do forte calor que atinge o país árabe no meio do ano, os catarianos prometem organizar no inverno o Mundial de Atletismo. A proposta é a de que o evento ocorra no mês de outubro, e não em agosto, como usualmente acontece.

Em razão do calor escaldante que atinge o Catar, também já foi definido pela Fifa que a Copa de 2022 não ocorrerá no meio do ano, como habitualmente ocorre nos Mundiais de futebol. O evento ocorrerá entre janeiro e fevereiro ou entre novembro e dezembro daquele ano. Mas, se a primeira destas opções for escolhida, a entidade que controla o esporte mais popular do planeta vai entrar em rota de colisão com o Comitê Olímpico Internacional, que organiza os Jogos de Inverno na mesma época.

Fonte: Estadão Conteúdo
PUBLICIDADES
SIGA-NOS
CONTATO
Telefone: (35) 99965-4038
E-mail: comercial@correiodopapagaio.com.br
R. Dr. Olavo Gomes Pinto, 61 - Sala 207 - Centro - São Lourenço - MG