02:31hs
Terça Feira, 24 de Maio de 2022

Leia nossas últimas edições

Leia agora o Correio do Papagaio - Edição 1643
Esportes
10/11/2014 15h25

Hamilton diz que não teme novos erros em corrida final

Melhor piloto de 2014 até agora, Lewis Hamilton vinha de 10 vitórias, cinco delas consecutivas, em um campeonato praticamente impecável até que rodou no final da reta oposta e praticamente acabou com suas chances de vitória no GP do Brasil deste domingo. Mais uma vez, o piloto inglês cometia erro crasso em momento decisivo da temporada, como aconteceu em 2007 e 2008, também no Autódromo de Interlagos.

A falha, porém, não abalou o líder do campeonato. Hamilton garante que mantém a confiança para a última corrida do ano, em Abu Dabi, no dia 23. "Acho que tem uma grande diferença entre a rodada de domingo e os erros do passado. Desta vez eu pude me recuperar e de um jeito bem mais eficiente", diz o piloto da Mercedes, que segue com vantagem sobre o companheiro Nico Rosberg.

"Eu não estava correndo em busca do título. Queria apenas somar alguns pontos. A próxima corrida será diferente e, à medida que eu me aproximar da prova, vou decidir como será minha abordagem", afirma Hamilton, fazendo mistério sobre a estratégia a ser usada daqui a duas semanas.

No domingo, Hamilton rodou na pista sozinho próximo à curva Descida do Lago, justamente no mesmo lugar em que cometeu erro no Mundial de 2007. Naquele ano, a falha custou o título. Ao terminar a corrida brasileira em 7º lugar, foi superado na classificação geral pelo finlandês Kimi Raikkonen por apenas um ponto.

No ano seguinte, no mesmo Autódromo de Interlagos, Hamilton obteve a redenção ao conquistar o título. Não sem antes levar outro susto. Nervoso, perdeu duas posições cruciais a poucas voltas do fim e precisou contar com uma inesperada ultrapassagem sobre o alemão Timo Glock na última curva do traçado para chegar em 5º e superar o brasileiro Felipe Massa na classificação geral.

O retrospecto do piloto inglês em provas decisivas aumenta a expectativa sobre a última corrida do ano. Para assegurar o bicampeonato na Fórmula 1, Hamilton precisa ao menos chegar em segundo lugar em Abu Dabi, que terá pontuação dobrada, independentemente do resultado de Rosberg. Já o alemão leva o troféu se vencer e o inglês não passar da terceira colocação.

Fonte: Estadão Conteúdo
PUBLICIDADES
Dra Milena Psicologa
SIGA-NOS
CONTATO
Telefone: (35) 99965-4038
E-mail: comercial@correiodopapagaio.com.br
R. Dr. Olavo Gomes Pinto, 61 - Sala 207 - Centro - São Lourenço - MG