00:24hs
Quarta Feira, 20 de Março de 2019

Leia nossas últimas edições

Correio do Papagaio - Edição 1295
Correio do Papagaio - Edição 1306
Esportes
17/02/2019 09h51

Harris bate Curry e vence Torneio de 3 Pontos; Tatum ganha Desafio de Habilidades

Nos primeiros dois eventos do segundo dia do "All-Star Weekend", neste sábado, em Charlotte, o armador Joe Harris, do Brooklyn Nets, superou Stephen Curry no Torneio de Três Pontos, enquanto o ala Jayson Tatum, do Boston Celtics, ganhou o Desafio de Habilidades.

"Steph é o maior arremessador de todos os tempos. Pegar a bola no carrinho e chutar não indica que eu sou melhor do que ele. Não quero que ninguém confunda as coisas. Para mim, é surreal vir aqui e vencer pela primeira vez esse concurso. Tem sido uma honra participar desse fim de semana, é algo que vou lembrar para sempre", disse Harris.

Curry, vencedor do Torneio de Três Pontos em 2015, era favorito. O armador do Golden State Warriors é filho de Dell Curry, ídolo do Charlotte Hornets, por isso contava com o apoio da torcida local, assim como o irmão, Seth, do Portland Trail Blazers. Harris, porém, estragou o evento familiar.

Curry marcou 27 pontos na primeira rodada, por isso se classificou para a final com o melhor resultado, seguido de Buddy Hield, do Sacramento Kings, com 26, e Harris, com 25. Defensor do título conquistado em 2018, Devin Booker, do Phoenix Suns, terminou em terceiro lugar, com 23, empatado com Danny Green, do Toronto Raptors.

Harris abriu a rodada decisiva com 26 pontos, enquanto Hield não repetiu o bom desempenho da primeira fase e marcou só 19. Curry teve muitos acertos no começo da vez dele, perdeu ritmo nas estações três e quatro, e chegou ao carrinho decisivo com a obrigação de converter as cinco tentativas que valem dois pontos, para alcançar o empate. Mas, para a alegria do adversário, o armador do Warriors matou quatro bolas e terminou a disputa em segundo lugar.

Mais cedo, Jayson Tatum enfrentou Trae Young, do Atlanta Hawks, na final do Desafio de Habilidades. Depois de eliminar Mike Conley e Nikola Jokic, o ala do Boston se viu atrás do adversário na decisão, por isso arriscou um arremesso de três pontos, último estágio do percurso, quando ainda estava no meio da quadra. A cesta foi convertida para a frustração de Young, que havia feito a mesma coisa contra De'Aaron Fox, nas quartas de final.

"Não quis dar a ele uma chance. Honestamente, não sabia se eu ia acertar, mas eu tinha de arriscar. Joguei a bola para o alto, funcionou do melhor jeito", analisou Tatum.

Fonte: Estadão Conteúdo
PUBLICIDADES
SIGA-NOS
CONTATO
Telefone para contato.: (35) 3332-1008
Textos e contatos em geral: jornalcp@correiodopapagaio.com.br
SAC: online@correiodopapagaio.com.br
R. Ledo, 250 - Centro - São Lourenço - MG