19:54hs
Sábado, 21 de Maio de 2022

Leia nossas últimas edições

Leia agora o Correio do Papagaio - Edição 1643
Esportes
19/11/2014 09h50

'Jogadores entenderam bem a filosofia', diz Dunga

Com saldo de seis vitórias em seis jogos em seu retorno à seleção brasileira, Dunga está satisfeito não apenas com o rendimento da equipe mas também com a postura demonstrada pelos jogadores dentro de campo. "O mais importante com certeza é que eles entenderam bem a filosofia", avalia o treinador.

Na terça, a seleção disputou o amistoso em que mais encontrou dificuldades em campo, contra a Áustria, em Viena. E levou o primeiro gol desde o fim da Copa do Mundo. A sequência de cinco partidas sem levar gols mostra, na avaliação de Dunga, que o time assimilou sua filosofia.

"Eles entenderam que o Brasil tem que ter sua qualidade técnica, mas também temos que ter humildade na hora de marcar o adversário", prega o técnico. "A forma como a gente tem feito os treinamentos é muito parecida com o jogo. Dá uma boa dinâmica. Os jogadores começam a entender a movimentação. Mesmo com as modificações que fizemos, a equipe já começa a ter um padrão."

Dunga também está satisfeito com o clima dentro do grupo, apesar de já ter vivido dois momentos complicados desde seu retorno à seleção - em setembro precisou cortar o lateral Maicon por indisciplina e, nesta semana, viu Thiago Silva reclamar publicamente sobre sua condição de reserva, destituído do status de capitão.

"Temos um relacionamento muito aberto. Conversamos sobre futebol, tática, sobre forma de jogar, o que podemos melhorar. A gente ouve a opinião daqueles que estão dentro de campo e depois montamos o treinamento em função disso", comenta o técnico, que encerrou a temporada com o triunfo sobre os austríacos.

Para 2015, ano em que disputará a Copa América, Dunga acredita que terá maior facilidade na condução da equipe, principalmente por contar com mais opções para o time, depois dos testes realizados nos amistosos deste ano. Um dos destaques da vitória de terça, por exemplo, foi o novato Roberto Firmino, meia-atacante do Hoffenheim, que marcou o gol da vitória.

"O clima dentro da seleção Vai ser cada vez mais competitivo, vai ter momentos no ano que vem em que teremos jogos, nas datas Fifa, e os clubes brasileiros não vão querer ser prejudicados. Vão pedir para os jogadores serem liberados. Mas agora, com esse leque de opções, isso vai ficar mais fácil", destaca.

Fonte: Estadão Conteúdo
PUBLICIDADES
Dra Milena Psicologa
SIGA-NOS
CONTATO
Telefone: (35) 99965-4038
E-mail: comercial@correiodopapagaio.com.br
R. Dr. Olavo Gomes Pinto, 61 - Sala 207 - Centro - São Lourenço - MG