15:09hs
Sexta Feira, 20 de Maio de 2022

Leia nossas últimas edições

Leia agora o Correio do Papagaio - Edição 1643
Esportes
17/11/2014 16h10

Massa exalta peso de fechar GP de Abu Dabi no Top 10

Terceiro colocado do GP do Brasil, disputado no último dia 9, Felipe Massa exaltou a importância de terminar a prova final desta temporada da Fórmula 1, no próximo domingo, entre os dez mais bem colocados. O objetivo do brasileiro pode parecer modesto em um primeiro momento, mas o fato de a pontuação desta corrida derradeira ser dobrada torna o lugar no Top 10 ainda mais cobiçado para todos os pilotos do grid.

"Por ser a última corrida da temporada e, com os pontos dobrados, é muito importante terminar a corrida no top 10", ressaltou o piloto da Williams, que com o pódio na prova disputada em São Paulo chegou aos 98 pontos, na oitava colocação do Mundial de Pilotos de F1.

Mesmo com a pontuação dobrada, Massa não tem como alcançar Valtteri Bottas, seu companheiro de equipe, neste término do campeonato. O finlandês já tem 156 pontos, na sexta posição, e está na briga direta pela quarta posição do Mundial com Sebastian Vettel, hoje o quarto no geral, com 159, e Fernando Alonso, com 157 pela Ferrari.

Apesar disso, Massa quer deixar uma boa impressão neste GP final também para renovar a sua esperança por uma temporada melhor em 2015. E, ao falar sobre as características da prova no circuito de Yas Marina, o brasileiro enfatizou: "A pista é como um circuito de rua em um setor, com curvas lentas e as barreiras bem próximas, e como um circuito tradicional no outro, com retas muito longas e curvas fluidas. Nós corremos durante a noite, mas os treinos são no calor do dia, então é importante adaptar o carro às condições mais frias, isso pode economizar muito tempo se fizermos isso direito".

Bottas, por sua vez, aposta que o GP de Abu Dabi será uma "prova empolgante" e lembrou que os pontos dobrados poderão ser importantes também para fazer a Williams assegurar a terceira posição do Mundial de Construtores, hoje ocupada justamente pela equipe inglesa. Com 254 pontos, o time só está atrás de Red Bull, vice-líder com 373, e da Mercedes, campeã antecipada com 651.

"Os pontos dobrados podem ser interessantes e vamos tentar fazer com que seja uma vantagem para nós. Estamos tentando garantir nossa posição no campeonato e continuamos focados nisso, mas ainda posso terminar em quarto no Mundial de Pilotos, então também vou focar nisso", destacou o finlandês.

A principal disputa em jogo na corrida deste domingo, porém, envolverá Lewis Hamilton e Nico Rosberg, que correrão pelo título em uma briga particular que travam dentro da Mercedes. O inglês tem 334 pontos, contra 317 do alemão, mas a teórica boa vantagem do primeiro deles ficou reduzida com o fato de a prova final dar pontuação dobrada aos pilotos, em iniciativa inédita na história da Fórmula 1.

Fonte: Estadão Conteúdo
PUBLICIDADES
SIGA-NOS
CONTATO
Telefone: (35) 99965-4038
E-mail: comercial@correiodopapagaio.com.br
R. Dr. Olavo Gomes Pinto, 61 - Sala 207 - Centro - São Lourenço - MG