18:56hs
Sábado, 21 de Maio de 2022

Leia nossas últimas edições

Leia agora o Correio do Papagaio - Edição 1643
Esportes
01/12/2014 14h45

Messi, Ronaldo e Neuer disputam a Bola de Ouro

Messi, Cristiano Ronaldo e Manuel Neuer são os três finalistas que concorrem à Bola de Ouro como melhores jogadores do ano de 2014. Os nomes dos três foram anunciados nesta segunda-feira pela Fifa, que organiza a premiação em parceria com a revista France Football. O vencedor será anunciado dia 12 de janeiro, em Zurique (Suíça).

O argentino e o português são figurinhas carimbadas na premiação. Messi aparece entre os três primeiros pela oitava vez (desde 2007 ele é indicado e fica entre os dois melhores), enquanto Cristiano Ronaldo, de 2007 para cá, só não esteve entre os finalistas em 2010. Ganhou em 2008 e 2013 e foi três vezes vice de Messi.

Já Neuer aparece pela primeira vez entre os finalistas, como representante da Alemanha, campeã da Copa do Mundo. Desde 2002 nenhum goleiro era indicado entre os três melhores do ano. O único outro arqueiro que recebeu tal honraria foi o também alemão Oliver Kahn. Naquele ano, o então goleiro do Bayern de Munique foi superado por Ronaldo. Depois disso, nenhum alemão havia sido indicado como finalista.

MESSI - Ganhador da Bola de Ouro por quatro vezes consecutivas de 2009 a 2012, Messi não conseguiu carregar o Barcelona a títulos este ano. Viu a equipe eliminada pelo Atlético de Madrid na Liga dos Campeões e ficou apenas com o vice-campeonato no Espanhol. Na artilharia, acabou atrás de Cristiano Ronaldo.

A sorte começou a mudar na Copa do Mundo, quando Messi finalmente foi decisivo pela seleção argentina. Gols dele garantiram três vitórias e o time embalou, chegando a uma final depois de 24 anos. O título não veio, mas o argentino ganhou o prêmio de melhor jogador do Mundial.

Já nesta temporada, se marcou pouco mais da metade dos gols de Cristiano Ronaldo no Espanhol, pelo menos bateu dois recordes históricos em quatro dias. Tornou-se o maior artilheiro do Espanhol e também da Liga dos Campeões. Em cada um dos jogos dos recordes, fez três gols.

CRISTIANO RONALDO - Bola de Ouro no ano passado, Cristiano Ronaldo quer o bicampeonato e, por ele, o Real Madrid já vem comprando briga. O posicionamento do clube é que qualquer resultado que não seja o português eleito como melhor do mundo pela segunda vez seguida será injusto.

O craque desandou a fazer gols a partir de fevereiro e foi decisivo na reta final do Campeonato Espanhol (o Real ficou em terceiro) e no título da Liga dos Campeões. Na Copa do Mundo, nada fez para evitar a eliminação precoce de um time fraco de Portugal. Depois, revelou que jogou o Mundial machucado.

Quando a temporada 2014/2015 começou, Cristiano estava em plena forma. Já foram 20 gols pelo Espanhol e quatro (em cinco jogos) na Liga dos Campeões. Por Portugal, fez dois jogos desde a Copa e em ambos marcou o gol da vitória por 1 a 0.

NEUER - Aos 28 anos, Neuer vive a melhor fase da carreira e, com Pep Guardiola, se tornou um líbero na equipe do Bayern de Munique. Para ajudar à compactação da equipe alemã, ele joga cada vez mais adiantado.

Formado pelo Schalke 04, ele está na quarta temporada no Bayern, sempre como titular. Com ele no gol, a equipe sofreu apenas 23 gols no título do Alemão na temporada passada e lidera com folga a atual edição. Em 13 jogos, Neuer só foi superado três vezes.

O que mais credencia o goleiro a ser finalista, porém, é o título da Alemanha na Copa do Mundo. A equipe não teve um jogador que se destacasse mais do que os outros, mas seria uma injustiça que o melhor time do ano não tivesse representantes na disputa pela Bola de Ouro. Presidente da Uefa, Michel Platini tem defendido que um alemão (no caso agora Neuer) vença o prêmio.

Fonte: Estadão Conteúdo
PUBLICIDADES
SIGA-NOS
CONTATO
Telefone: (35) 99965-4038
E-mail: comercial@correiodopapagaio.com.br
R. Dr. Olavo Gomes Pinto, 61 - Sala 207 - Centro - São Lourenço - MG