Estamos de luto pelo Carlinhos do Hospital de Aiuruoca
22:38hs
Quinta Feira, 25 de Fevereiro de 2021

Leia nossas últimas edições

Correio do Papagaio - Edição 1512
Correio do Papagaio - Edição 1520
Esportes
05/09/2014 10h50

Presidente do Real: 'Relação com Ronaldo é perfeita'

As críticas feitas por Cristiano Ronaldo ao comportamento do Real Madrid na última janela para transferências da Europa não incomodaram o presidente do clube. Nesta sexta-feira, Florentino Pérez minimizou as declarações do astro português, elogiou-o e disse que sua relação com o craque é "perfeita".

"O Cristiano eu conheço muito bem. Cristiano é o melhor do mundo e sua lealdade ao Real Madrid é inquestionável. Escutei as declarações inteiras e, como o conheço, sei que não colocou o clube em dúvida. Minha relação com ele é perfeita e discrepâncias, zero. Cristiano é o melhor jogador do mundo, é algo óbvio e será ainda mais este ano", declarou.

No início da semana, Ronaldo criticou os negócios feitos pelo Real e disse que "se fosse presidente, não teria feito assim". A opinião do português se deu muito mais pelas saídas de nomes importantes, como Xabi Alonso e Di María, do que pela chegada de James Rodríguez, Toni Kroos, Keylor Navas e Chicharito Hernández. "Com os novos jogadores o estilo vai mudar, mas pode mudar para melhor ou para pior", chegou a dizer.

Principal jogador do Real na reta final da campanha que culminou no décimo título da Liga dos Campeões, na temporada passada, Di María pediu para sair pouco depois da chegada de James Rodríguez, talvez por se sentir desprestigiado após as grandes atuações que teve. Florentino Pérez também foi perguntado sobre a saída do argentino para o Manchester United e tentou se explicar.

"Di María e todos os que saíram têm nosso carinho, admiração e respeito. Nunca vão me ouvir falando de nenhum jogador que tem que sair. Um jogador que tem contrato se vai porque quer, o Real sempre cumpre os contratos. Di María tinha pretensões econômicas que me parecem lícitas, mas que não podíamos satisfazer. Fizemos a melhor oferta que podíamos, o máximo, mas não aceitou. Sem contar Ronaldo, Di María seria o melhor salário do Real Madrid", afirmou.

O presidente ainda garantiu que os novos contratados superarão a desconfiança da torcida e vão manter o nível da equipe. "Entrei aqui em 2000. A longo dos anos saíram muitos jogadores e outros foram vendidos. Minha experiência me faz entender que o que vai sempre é melhor e os que vêm são questionados. O primeiro foi Zidane e o último, Bale."

Fonte: Estadão Conteúdo
PUBLICIDADES
SIGA-NOS
CONTATO
Telefone para contato.: (35) 3332-1008 | (35) 99965-4038
Textos e contatos em geral: jornalcp@correiodopapagaio.com.br
SAC: comercial@correiodopapagaio.com.br
R. Dr. Olavo Gomes Pinto, 61 - Sala 207 - Centro - São Lourenço - MG