13:41hs
Sexta Feira, 20 de Maio de 2022

Leia nossas últimas edições

Leia agora o Correio do Papagaio - Edição 1643
Esportes
26/11/2014 14h10

Reserva da Mercedes lidera teste final da F1 em 2014

Campeã do Mundial de Construtores e também do Mundial de Pilotos da Fórmula 1 por meio do inglês Lewis Hamilton, a Mercedes viu o seu piloto reserva, Pascal Wehrlein, fechar na liderança, nesta quarta-feira, em Abu Dabi, o último teste deste ano da principal categoria do automobilismo mundial. O piloto alemão cravou o tempo de
1min42s624 na melhor das 96 voltas que deu no circuito Yas Marina, que no último domingo foi palco da corrida final desta temporada.

Desta forma, o jovem piloto de 20 anos foi mais de meio segundo mais rápido do que o segundo colocado do dia, o italiano Raffaele Marciello, reserva da Ferrari, que cronometrou 1min43s208 no mais veloz dos 91 giros que deu na pista árabe nesta quarta.

Já o brasileiro Felipe Nasr, que correrá pela Sauber em 2015, se despediu do posto de piloto de testes da Williams com uma discreta oitava posição. Com o tempo de 1min45s937, ele só conseguiu ficar à frente do inglês Alex Lynn (Lotus), do francês Esteban Ocon (também da Lotus) e do belga Stoffel Vandoorne (McLaren), respectivos nono, décimo e 11º colocados.

Companheiro de equipe de Nasr na Sauber para a próxima temporada, o sueco Marcus Ericsson ficou com a quarta posição do dia ao cravar 1min44s551, mas ficou bem distante do terceiro colocado, o holandês Max Verstappen, da Toro Rosso, que fez a melhor de suas 78 voltas em 1min43s763.

Outro jovem piloto, o inglês Will Stevens conseguiu superar as limitações do carro da Caterham para alcançar um expressivo quinto lugar ao marcar 1min44s888. Ele ficou à frente, por exemplo, do australiano Daniel Ricciardo, destaque da Red Bull em 2014, que foi apenas o sétimo colocado nesta quarta e também foi superado pelo seu compatriota Spike Goddard, o sexto pela Force India.

MCLAREN DECEPCIONA DE NOVO - A McLaren voltou a amargar um dia decepcionante ao andar com o seu novo motor da Honda, que voltou a fornecer propulsores para a equipe inglesa com o objetivo de reeditar a parceria de sucesso que firmou com o time entre o final da década de 1980 e o começo da década de 1990.

Assim como acontecera no teste de terça-feira em Abu Dabi, o carro apresentou problemas elétricos e mais uma vez sequer conseguiu registrar uma volta rápida cronometrada. Foram apenas dois míseros giros na pista, fato decepcionante para o belga Stoffel Vandoorne, piloto reserva da equipe, que no dia anterior deu apenas três voltas.


Confira a classificação do teste desta quarta-feira em Abu Dabi:

1) Pascal Wehrlein (ALE/Mercedes), 1min42s624, 96 voltas
2) Raffaele Marciello (ITA/Ferrari), 1min43s208, 91 voltas
3) Max Verstappen (HOL/Toro Rosso), 1min43s763, 78 voltas
4) Marcus Ericsson (SUE/Sauber), 1min44s551, 112 voltas
5) Will Stevens (ING/Caterham), 1min44s888, 76 voltas
6) Spike Goddard (AUS/Force India), 1min44s944, 89 voltas
7) Daniel Ricciardo (AUS/Red Bull), 1min45s151, 88 voltas
8) Felipe Nasr (BRA/Williams), 1min45s937, 83 voltas
9) Alex Lynn (ING/Lotus), 1min46s168, 52 voltas
10) Esteban Ocon (FRA/Lotus), 1min47s013, 34 voltas
11) Stoffel Vandoorne (BEL/McLaren), sem tempo, 2 voltas

Fonte: Estadão Conteúdo
PUBLICIDADES
SIGA-NOS
CONTATO
Telefone: (35) 99965-4038
E-mail: comercial@correiodopapagaio.com.br
R. Dr. Olavo Gomes Pinto, 61 - Sala 207 - Centro - São Lourenço - MG