Estamos de luto pelo Carlinhos do Hospital de Aiuruoca
07:27hs
Quinta Feira, 26 de Novembro de 2020

Leia nossas últimas edições

Correio do Papagaio - Edição 1488
Correio do Papagaio - Edição 1492
Opinião
15/12/2016 10h29

“O exemplo vem de cima”

Por Sergio Ribinik

Um líder chegando no início da jornada de trabalho e cumprimentando a todos de forma simpática, transmite paz e serenidade. Sua capacidade de absorver as tensões da organização é um termômetro para o comportamento de todos. Saber administrá-las sem projetá-las aos colaboradores, em muito contribui para manter um clima de produtividade. Aliviar tensões torna o ambiente menos formal. Crie grupos para resolução de problemas. Uma equipe competente e livre de tensões ajuda a resolver questões da organização.

Decidir é uma arte, e tem um conteúdo de intuição. Líderes de sucesso, mesmo fundamentados em informações e pesquisas devem ter aquele ‘algo mais’ que os fazem vislumbrar os caminhos a seguir, algumas vezes seja em detrimento dos próprios dados disponíveis. A intuição é “uma percepção de acontecimentos, um pressentimento sobre o futuro”. Por essas pessoas existirem é que utilizamos cada vez mais computadores, smartphones, aplicativos, sem falar na infinidade de bens e serviços aplicados a todos os campos de atividades.

Há muitos conceitos sobre a capacidade de liderar. Uns dizem que é uma característica inata, outros alegam que é possível aprender a liderar. Conceitos a parte, é sempre bom lembrar que toda liderança é situacional, ou seja: depende de cada momento e de cada situação. O bom líder deve ter a flexibilidade de tratar as pessoas e as questões, da forma que cada momento exige, preservando os princípios de respeito aos seus liderados. A sua credibilidade deve estar fundamentada na competência e nos princípios. Lembrem-se do antigo ditado: “o exemplo vem de cima” e isso vale nas famílias, escolas, organizações, religiões, governos, política, meios de comunicação, etc. Infelizmente, não é o que temos visto muito nos tempos atuais.

Orientar para novas formas de atuar, melhorar o atendimento, prever dificuldades minimizando os impactos através de ações efetivas, devem estar presentes em uma boa liderança. O mercado é um organismo vivo assim como as organizações. Estas estão inseridas no contexto dos negócios e a sobrevivência depende de evolução constante. Grandes organizações, se formam, crescem e sucumbem. As melhores sobrevivem, pois evoluem, sendo diferentes a cada período.

As pessoas devem ser estimuladas a pensar se há melhores formas de atuar. Nada mais eficaz para que isso ocorra do que envolver a todos no processo.

Simplificar, reduzir camadas organizacionais, abrir-se a novas ideias, aprender a lidar com o novo, são conceitos que devem estar sempre em discussão e isto parte dos líderes em todos os campos.

*Engenheiro e Consultor de Empresas - ceo.sergioribinik@gmail.com

PUBLICIDADES
SIGA-NOS
CONTATO
Telefone para contato.: (35) 3332-1008
Textos e contatos em geral: jornalcp@correiodopapagaio.com.br
SAC: online@correiodopapagaio.com.br
R. Ledo, 250 - Centro - São Lourenço - MG