11:33hs
Terça Feira, 18 de Dezembro de 2018
Passa Quatro - Notícias
28/08/2018 12h12

10º Festival Gastronômico de Passa Quatro foi um sucesso

Público elegeu Leitão à Pururuca e Brigadeiro Trufado Romeu e Julieta como os melhores pratos do Festival.

Em sua 10ª edição, o Festival Passa Quatro Gastronomia 2018 movimentou e agitou a cidade, atraindo centenas de visitantes e empreendedores. O evento, que já faz parte do calendário oficial do município, sempre traz os mais saborosos pratos da culinária local. E, neste ano, trouxe ainda mais novidades com a programação gastronômica e eventos para todas as idades, tendo atividades culturais, apresentações musicais e artísticas, workshops, palestras, produtos caseiros e artesanais da cidade e região, além de incentivar a sustentabilidade, empreendedorismo, produção e desenvolvimento econômico e rural da cidade.


Degustação de queijos, cahcaças , azeites e cervejas

E os pratos vencedores dessa edição, segundo a Secretaria Municipal de Turismo, Cultura e Desenvolvimento Econômico foram: “Leitão à Pururuca”, vencedor da categoria “Bares e Restaurantes” e a sobremesa “Brigadeiro Trufado Romeu e Julieta” obteve o maior número de votos na categoria “Empórios, Cafés e Docerias”.

Ao todo, 16 sabores passaquatrenses concorreram no festival, sendo 11 pratos na categoria “Bares e Restaurantes” e seis sabores na categoria “Empórios, Cafés e Docerias”.

Tipicamente mineiro e muito bem servido, o prato Leitão a Pururuca, do restaurante Ponto Quatro, obteve 29% dos votos válidos. Já o artesanal e gourmet “Brigadeiro Trufado, da Brigadeiro à Bessa, feito com Queijo d’Alagoa envolvendo uma Trufa de Chocolate Belga Branco recheada de goiabada cremosa, o Romeu e Julieta” conquistou 23% dos votos válidos.


Grão da Serra Café 

Forneria Antônio

Apiários Redenção 

Naia Defumados 

Recanto do Charlô 

Irmãs Silva


Neste ano, o Festival contou com uma curadoria técnica especializada em gastronomia do renomado chefe Rafa Bocaina e, segundo a colaboradora do evento Edriane Monteiro (Drica), Assessora Jurídica do Município.

O festival teve a missão de orientar o resgate da identidade gastronômica de Passa Quatro, aproximando e incluindo o produtor rural no circuito interno da gastronomia, fazendo um elo entre produtos, estabelecimentos e consumidor final. “Na edição de 2018, o festival de gastronomia teve como objetivo impulsionar o desenvolvimento econômico e rural do município. Para isso, seguiu a tendência mundial de buscar pela produção local e, assim, promover a inclusão de produtores rurais no circuito interno da gastronomia, tornando-se o elo entre o produtor, o estabelecimento gastronômico e o consumidor final”, explica Drica.


Brigadeiro a Bessa

Dodo Doces Caseiros  
 
Empadas La Mota 
 
Esfiha.com


O festival foi dividido em duas etapas e cada participante criou um prato exclusivo, com ingredientes que trazem a cultura de Passa Quatro e região, para o evento. A primeira fase aconteceu em junho e julho nos restaurantes, cafés, bares e docerias do município e o público pode experimentar, avaliar a criação e criatividade culinária, avaliar o estabelecimento, atendimento e cortesia do local. Já a segunda fase, aconteceu entre os dias 06 a 15 de julho, na Praça de Eventos da cidade. Nessa fase tiveram shows, palestras, workshops, cursos e muita comida boa e alegria. As atrações musicais ficaram por conta de cantores e bandas da cidade e região, de vários estilos e segmentos da música, além de nomes renomados no cenário nacional, como a banda O Teatro Mágico, – Circo, Voz e Violão que subiu ao palco no dia 12 de julho.

Durante o evento também foram aplicadas algumas pesquisas de satisfação e métricas de resultados que serão usados para posteriormente nortear ações que fomentem o desenvolvimento econômico e rural de Passa Quatro.

Dentro da programação de workshops e palestras grandes nomes da culinária nacional e empreendedores do segmento alimentício estiveram presentes. Houve oficina com o curador do evento Rafa Bocaina, sobre “Linguiças artesanais – Uma abordagem básica da Charcutaria artesanal”. Para os empreendedores da área de laticínios houve a apresentação do Programa de Queijo Artesanal em Minas Gerais, feita pelo engenheiro agrônomo Júlio César Fleming Seabra, mestre em Tecnologia do Leite e derivados; e a degustação comentada de Queijos Artesanais Mineiros Harmonizados com Cachaças e Cervejas Locais, realizada pelo jornalista especializado em gastronomia, Eduardo Girão, que recentemente ganhou o Prêmio Eduardo Frieiro, o maior reconhecimento da gastronomia mineira.
Chefs conceituados ainda ministraram oficinas ensinando novas e exclusivas técnicas culinárias, como: Paula Carvalho (proprietária do Viver Integral), com a oficina Culinária Vegana adaptada para Ambiente Outdoor; Ivan Achcar (chef de cozinha, pesquisador gastronômico e criador do Instituto de Negócios da Gastronomia), com o prato Nhoque Crocante de Mandioquinha com Molho de Frango Caipira; Flávio Trombino (comandante do Restaurante Xapuri, referência da Culinária Mineira), com a oficina sobre Reaproveitamento e Alternativas de Uso de Alimentos; Mariana Cristina Oliveira Gontijo (finalista do quadro “Fecha a Conta”, programa “Mais Você”, da Rede Globo, e chef do Armazém Roça Grande), com a oficina Passagem da Tropa – A Cozinha Volante dos Tropeiros.

Representantes da gastronomia local e regional também fizeram parte da programação do festival de gastronomia, como o cozinheiro Cido Ferreira e as empresárias do ramo da culinária, Luciana Nilo e Johana Rocha.

PUBLICIDADES
SIGA-NOS
CONTATO
Telefone para contato.: (35) 3332-1008
Textos e contatos em geral: jornalcp@correiodopapagaio.com.br
SAC: online@correiodopapagaio.com.br
R. Ledo, 250 - Centro - São Lourenço - MG