02:35hs
Sábado, 14 de Dezembro de 2019
Passa Quatro - Notícias
25/04/2013 14h55

Após ataque a caixas eletrônicos, comissão avalia segurança

Comissão esteve em Passa Quatro para discutir á segurança.

A Comissão de Segurança Pública da Assembleia Legislativa do Estado de Minas Gerais (ALMG) esteve em Passa Quatro nesta terça-feira (23), para discutir questões de segurança com as autoridades locais, após um policial ter ficado ferido durante uma troca de tiros com criminosos que explodiram dois caixas eletrônicos, no dia 11 de abril. Os deputados voltaram para Belo Horizonte com uma lista de reivindicações.

Durante o encontro, que aconteceu no quartel da Polícia Militar, os policiais relataram as questões mais difíceis. “Faltam profissionais para combater o crime”, disseram as autoridades para os deputados. Um exemplo é que na delegacia só há um delegado e um investigador, quando o ideal, segundo eles, seria dois delegados e três investigadores.

Por conta disso, a cidade que está localizada há menos de um quilômetro da divisa com o Estado de São Paulo contou com a ajuda de policiais paulistas na prisão da quadrilha. Segundo o delegado regional Luciano Belford de Andrade Santos, os policiais dos dois estados atuaram juntos nas investigações.

“Com apoio da Polícia do Estado de São Paulo conseguimos chegar até à quadrilha que praticou o crime em Passa Quatro”, disse.

Entretanto, a necessidade de apoio de outro estado ressalta a fragilidade da segurança no local. Entre os dois estados existe um Posto da Receita Federal que está desativado e que as autoridades de Passa Quatro propuseram que seja instalada uma base da Polícia Militar para aumentar a segurança no município e dificultar a ação de criminosos que vem do estado vizinho.

O juiz da cidade entregou ao vice-presidente da comissão um requerimento em que pede a instalação dessa base da PM e uma lista com 30 nomes de criminosos de São Paulo e do Rio de Janeiro que podem estar agindo na região.

Já o comandante da Polícia Militar de São Lourenço, Tenente Coronel Paulo Valério Junior, responsável pela área de Passa Quatro, pediu que uma companhia da PM seja instalada na cidade. “Necessitamos de uma companhia aqui e não em Itanhandu como está prevista”, destacou.

Com base nestas reivindicações, um relatório da situação da segurança no município será elaborado e encaminhado ao comando geral da PM em Belo Horizonte, e segundo a assessoria da ALMG, na próxima reunião da comissão será votado um requerimento sobre o relatório da visita de hoje solicitando providências para o que foi levantado na reunião de terça-feira.

 

PUBLICIDADES
SIGA-NOS
CONTATO
Telefone para contato.: (35) 3332-1008
Textos e contatos em geral: jornalcp@correiodopapagaio.com.br
SAC: online@correiodopapagaio.com.br
R. Ledo, 250 - Centro - São Lourenço - MG