09:25hs
Segunda Feira, 16 de Setembro de 2019
Passa Quatro - Notícias
25/04/2013 16h20

Caravana da Saúde mobiliza Passa Quatro e avança no Sul

Caravana da Saúde é parte do Movimento Assine Saúde.

A atitude de cada cidadão é decisiva para mudar a realidade do atendimento público em saúde no Brasil. Essa foi a principal conclusão da segunda de uma série de 11 audiências públicas da Caravana da Saúde da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG), realizada nesta quinta-feira (18/4/13) em Passa Quatro, no Sul de Minas. Sob o comando do presidente Dinis Pinheiro (PSDB), o objetivo do encontro foi mobilizar lideranças regionais e, sobretudo, a população para acelerar a coleta de assinaturas para encaminhar ao Congresso Nacional projeto de lei de iniciativa popular. A intenção com isso é determinar o repasse de, no mínimo, 10% da receita corrente bruta da União na saúde.

A Caravana da Saúde é parte do Movimento Assine + Saúde, realizado pela Assembleia em parceria com diversas instituições. A audiência pública que abriu essa série foi realizada em Virginópolis (Vale do Rio Doce), no último dia 8 de março. O próximo encontro será em Rio Casca, dia 23. Já foram coletadas 439.422 assinaturas. Para que o projeto possa ser apresentado ao Congresso Nacional, são necessárias 1,5 milhão de adesões em pelo menos cinco Estados. Cada Estado deve contribuir com, no mínimo, 43 mil assinaturas.

A importância da interiorização dessa mobilização, sensibilizando todas as regiões do Estado, foi destacada por Dinis Pinheiro logo na abertura da reunião. “É um privilégio estar em uma cidade tão bonita defendendo uma causa que também é muito bela, que toca a todos profundamente. A saúde tem sido maltratada. O Brasil investe muito pouco no setor, apesar de ter alcançado o posto de sexta economia do mundo. Cento e cinquenta países investem mais em saúde do que o Brasil. Na nossa frente estão alguns países africanos e até nossos vizinhos, como a Argentina, que investe o dobro”, lamentou.

Na América Latina, o investimento em saúde no Brasil só é maior do que na Guatemala e em El Salvador. Em termos de satisfação com esse tipo de atendimento, segundo pesquisas, só fica a frente do Haiti. “É com iniciativas como a Caravana da Saúde que vamos conseguir mudar isso. O mineiro é obstinado. Como empregado de todos os mineiros, minha missão é unir nosso Estado nesse esforço. Nosso povo já entendeu a importância desses projeto de iniciativa popular e estamos caminhando rápido para 500 mil assinaturas”, apontou. “Cada um pode ser um agente dessa mudança, em sua casa, no trabalho, convencendo os amigos. Sempre é bom lembrar que uma simples assinatura pode mudar a história da saúde pública no Brasil”, acrescentou Dinis Pinheiro.

Como participar - Além da participação nos dias do evento, o cidadão pode contribuir com a coleta de assinaturas por meio de formulário padrão disponível no Portal da Assembleia. Para preenchê-lo, é necessário informar nome completo, endereço e título de eleitor. Quem não souber o número do título de eleitor pode informar a data de nascimento e o nome completo da mãe. Após preenchimento, o formulário deve ser enviado para a Assembleia (Rua Rodrigues Caldas, 30, CEP: 30.190-921 – Belo Horizonte/MG).


PUBLICIDADES
SIGA-NOS
CONTATO
Telefone para contato.: (35) 3332-1008
Textos e contatos em geral: jornalcp@correiodopapagaio.com.br
SAC: online@correiodopapagaio.com.br
R. Ledo, 250 - Centro - São Lourenço - MG