20:43hs
Sábado, 21 de Setembro de 2019
São Lourenço - Notícias
23/11/2018 12h26

Alterações no trânsito de São Lourenço serão suspensas por dois meses

Decisão foi tomada em reunião realizada na noite de quarta-feira, na Câmara Municipal

Foto: Câmara Municipal SL

Vereadores marcaram uma audiência pública para ouvir
comerciantes e moradores da cidade


Por Mariana Menezes

A Prefeitura de São Lourenço decidiu adiar por sessenta dias a implantação das mudanças no trânsito na região central. A decisão foi tomada após a Câmara Municipal promover uma audiência pública sobre o assunto, na noite desta quarta-feira, dia 21, a pedido dos comerciantes locais. A medida proposta anteriormente pelo Poder Executivo, que inclui um novo horário de carga e descarga, que passaria a ser das 19h às 09h, começaria a valer em 25 de novembro, com o prazo máximo de um mês para adaptação. Somente depois haveria a aplicação de penalidades.

De acordo com os lojistas, a proposta é inviável, já que funcionários teriam que ser escalados especificamente para receber os caminhões antes ou após o expediente, com eventual contratação de segurança e pagamento de adicional noturno e horas extras. Eles afirmaram que isso sobrecarregaria, acima de tudo, os pequenos empresários. O horário de carga e descarga atual é das 08h às 18h, o que, segundo o estudo encomendado pela Prefeitura junto a especialistas e engenheiros do setor, prejudica o trânsito no centro.

Ricardo de Mattos, presidente da Câmara, deu início à audiência pública. Toda a reunião foi coordenada por Orlando da Silva Gomes (PRB), que está à frente da Comissão de Obras Públicas, Serviços Urbanos e Habitação. Os vereadores Agilsander Rodrigues da Silva, Natanael Paulino de Oliveira, Isac Ribeiro, Evaldo Ambrósio e Waldinei Alves Ferreira também estiveram presentes, além dos representantes do Conselho Municipal de Trânsito – COMUTRAN (José Carlos Ribeiro Marques), Gerência de Trânsito (Carlos Otávio de Castro Brito), CDL (Wagner Mancilha Júnior) e Sindicomércio (Valéria Clara de Oliveira Carmo).

Ainda compareceram o Advogado Geral Patrick Mariano, representando a Prefeita Célia Cavalcanti, o secretário do Convention & Visitors Bureau, Walter Dutra Marques, que também é membro do Sindicomércio no Conselho Municipal de Turismo – COMTUR, e o 2º Sargento do Corpo de Bombeiros, Robson Ramiro, em nome do Comandante Tenente Cláudio Pereira Domingos.

Segundo Wagner Júnior, presidente da CDL e ACE de São Lourenço, a reunião foi solicitada para que os comerciantes da cidades pudessem ser ouvidos já que, durante o processo de estudos das mudanças no trânsito, ninguém foi convidado a participar e contribuir para a decissão. “Houve reuniões e não fomos convidados a participar, por isso solicitamos essa audiência para que pudéssemos colocar nossas opiniões. Não somos contrários as mudanças, porque elas muitas vezes trazem benefícios para a cidade. Mas estamos aqui para contribuir, somar, queremos participar e ter acesso ao projeto que já está pronto. Não podemos aceitar essa decisão sem antes mostrar nossa opinião e sugestões para que fique bom para todos”, ressaltou.

Além da suspensão imediata das alterações, a Prefeitura também se comprometeu a ouvir os lojistas para que um novo horário de carga e descarga seja apresentado. O presidente do COMUTRAN, José Carlos, afirmou que uma comissão com três pessoas, incluindo os comerciantes, será formada para debater o assunto. Segundo ele, a expectativa é que até o dia 25 de janeiro haja a reformulação no trânsito.

Outras mudanças divulgadas pelo Poder Executivo e apontadas no estudo técnico preveem a alteração no sentido das ruas Coronel Ferraz e Wenceslau Braz nos trechos em que são de mão única e a reformulação das placas da cidade.

PUBLICIDADES
SIGA-NOS
CONTATO
Telefone para contato.: (35) 3332-1008
Textos e contatos em geral: jornalcp@correiodopapagaio.com.br
SAC: online@correiodopapagaio.com.br
R. Ledo, 250 - Centro - São Lourenço - MG