Corpo de Bombeiros orienta sobre prevenção de acidentes com botijões de cozinha - São Lourenço - Notícias - Jornal Correio do Papagaio
10:02hs
Sexta Feira, 17 de Agosto de 2018
São Lourenço - Notícias
13/04/2018 11h06

Corpo de Bombeiros orienta sobre prevenção de acidentes com botijões de cozinha

Este ano, o Corpo de Bombeiros de São Lourenço, responsável pela microrregião de 22 municípios circunvizinhos, registrou 3 ocorrências de incêndio. Desses, dois ocorreram em consequência de botijões de gás em São Lourenço. Os cuidados que devem ser tomados na cozinha para que este tipo de acidente não ocorra são simples.

O sargento do Corpo de Bombeiros, Carlos Alexandre, recebeu a reportagem do Jornal Correio do Papagaio para orientar a população para evitar acidentes com botijões de gás e como proceder com incêndio em cozinhas.

Os cuidados começam com a compra do botijão. O primeiro passo é verificar se a empresa onde está adquirindo o botijão de gás não é clandestina. A botija deve possuir certificação do INMETRO e estar dentro do prazo de validade de cinco anos. Antes da instalação é preciso observar a mangueira e o regulador de pressão.

“Tanto o regulador de pressão, quanto a mangueira devem ser certificados pelo INMETRO e ambos têm prazo de validade de cinco anos. No momento em que for fazer a instalação do botijão de gás, é preciso fazer a inspeção na mangueira devido a possíveis rachaduras”, disse o Sargento Alexandre.

“Após a instalação, pegar uma esponja com detergente para ver se não há vazamento. Se houver formação de bolha, existe vazamento. Tem que fazer a instalação novamente. Se o problema persistir, o botijão deve ser retirado de dentro da residência para verificar se há vazamento na válvula. Caso seja constatado  o vazamento na válvula ou na mangueira, é preciso efetuar a troca. É muito importante não usar ferramentas, somente a pressão das mãos para fazer a instalação e se possível fazê-la fora da residência”, orientou o sargento.

Utilização e disposição do botijão

De acordo com o Sargento Carlos Alexandre, alguns cuidados têm de ser tomados na cozinha antes da utilização do fogão. Esses cuidados tem relação com a disposição dos equipamentos na cozinha.

“O fogão deve colocado em um local com o mínimo de corrente de ar. Isso evita que o vento apague o fogo e ocorra o vazamento. Evitar passar a mangueira do gás atrás do fogão”, disse.

Outros cuidados importantes são com os ralos, pias, caixa de gorduras e tomadas. “O botijão deve ficar em um local arejado. O gás é mais pesado que o ar e com isso ele pode infiltrar nos ralos e causar explosão. Nunca colocar o botijão dentro de armários, porão ou banheiro. Não estocar botijas dentro de casa”, complementou.

Vazamento

O vazamento do gás pode ser facilmente identificado pelo cheiro. “Nesse caso, é preciso abrir portas e janelas para arejar o local. Não acender a luz e desligar a chave geral de energia, pois o termostato da geladeira pode causar explosão. Evitar o uso de lanterna e celular. Depois de arejado o ambiente, procurar o vazamento”, explicou o Sargento Alexandre.

De acordo com o sargento, quando houver princípio de acidente, é preciso verificar a possibilidade de fechar o registro do regulador de pressão e levar o botijão para um local aberto e arejado.

 “Quando acontece um princípio de incêndio, as pessoas geralmente se afastam do botijão. Algumas medidas simples devem ser tomadas para que o ocorrido não tome proporções maiores. O fogo começa cerca de 5 cm de altura da válvula do botijão. Com uma toalha enrolada na mão, a pessoa vai abaixando até tampar a boca do regulador de pressão. O botijão tem uma válvula de segurança que quando aquecida se rompe para o gás vazar e não explodir”, explicou Carlos Alexandre.

“Muitas vezes, as pessoas tombam o botijão para aproveitar o resto do gás. O gás está em estado líquido e isso pode interromper da saída dele pela válvula”, orientou.      

Panelas de gordura e pressão

Outra orientação dada pelo sargento Carlos Alexandre é sobre as panelas de pressão e gorduras que podem causar sérios acidentes. O cuidado com a panela de pressão é simples, basta monitorar o cozimento para a água não secar.

“Em caso de princípio de incêndio em panela de gordura, nunca jogar água. Pegar uma toalha molhada e cobrir a panela. Se jogar água, o incêndio não será extinto e a água vai espalhar o fogo por toda a cozinha. Se for sair de casa desligar o fogão e nunca deixar panelas no fogo”, finalizou.  

 

PUBLICIDADES
SIGA-NOS
CONTATO
Telefone para contato.: (35) 3332-1008
Textos e contatos em geral: jornalcp@correiodopapagaio.com.br
SAC: online@correiodopapagaio.com.br
R. Ledo, 250 - Centro - São Lourenço - MG