12:52hs
Domigo, 25 de Agosto de 2019
São Lourenço - Notícias
21/11/2018 11h34

Feira de Artesanato Mineiro em São Lourenço

Evento durou seis dias no Calçadão II e atraiu diversos turistas

Movimento Dedico participou com seus produtos. Toda a renda é revertida para os trabalhos sociais desenvolvidos pela Instituição

Por Mariana Menezes

A Feira de Artesanato Mineiro, em São Lourenço, aconteceu no Calçadão II, de quinta-feira, dia 15 a terça-feira, dia 20, e recebeu centenas de visitantes durante todos os dias. Os trabalhos expostos foram bastante diversificados, dentre eles estavam sabonetes, bolsas de diversos tamanhos e materiais, utensílios de cozinha, peças decorativas como relógios e luminárias, jogos infantis de madeira, brincos, colares, anéis e demais acessórios.

O evento é uma realização pioneira em Minas Gerais, pois são os próprios artesãos que organizam e realizam este evento de sete anos de sucesso.

Um evento de artesãos para Artesãos, organizado por Gutty Pianetti, que é artesão e Presidente do Centro do Artesanato Mineiro e Vice-presidente da Confederação do Artesanato Mineiro e Rodrigo Simões, também artesão, liderança da categoria na região e morador de Soledade de Minas, que tem como concepção o cooperativismo, onde os custos são divididos de forma justa, trazendo a oportunidade de comercialização para artesãos que nunca poderiam participar de “Feiras Tradicionais”.

Em sua 7ª Edição, a cidade de São Lourenço recebeu 39 artesãos de várias regiões de Minas Gerais, como do Vale do Jequitinhonha, Tiradentes, Janaúba, Ouro Preto e outras regiões, além de 42 artesãos locais e duas Associações e uma Instituição Filantrópica. Uma delas é o Movimento Dedico, que atua em São Lourenço, sendo uma instituição universalis¬ta, sem fins lucrativos, que tem como missão promover o desenvolvimento integral do ser humano para que haja o Despertar da Divina Cons-ciência em cada um através de práticas transformadoras, como a meditação e o auto¬conhecimento. Além de desenvolver vários projetos sociais em Instituições Assistencialistas da cidade.

Segundo Pianetti, a feira começou no feriado da Proclamação da República justamente porque os feriados garantem um fluxo maior de pessoas, tornando o evento mais uma atração turística da cidade. E em mais uma edição a feira foi um sucesso e os resultados financeiros superam as expectativas dos participantes, fortalecendo assim a renda das famílias que vivem do Artesanato. “Para o município que recebe o evento, além de ter uma grande atração, o turista leva o artesanato e conta à todos amigos e parentes que comprou em São Lourenço (independente da origem do Artesanato), estimulando mais turistas a visitarem a cidade que recebe o evento. Se houvessem mais apoio das prefeituras das cidades turísticas, poderíamos fazer um circuito de Feiras do Artesanato Mineiro, criando mais oportunidades a todos”, ressalta o organizador.

Uma das artesãs participantes foi Fernanda Corrêa, proprietária do Atelier Surreali, localizado em São Lourenço. Com criações próprias e inspiradas na natureza, nas pedras naturais, oferece desde 2005 acessórios de personalidade para a mulher contemporânea, como brincos, anéis, pulseiras, colares, entre outros.

Para Fernanda a oportunidade foi muito importante para todos os artesãos. “O saldo da feira foi muito positivo, foi uma ótima oportunidade para mostrarmos nossos produtos. Eventos como este são de extrema importância para nós que trabalhamos com artesanatos. Na próxima quero participar novamente.”

A Surreali oferece acessórios a partir de pedras naturais, riquezas do nosso estado elevadas a um patamar de artesanato diferenciado 

PUBLICIDADES
SIGA-NOS
CONTATO
Telefone para contato.: (35) 3332-1008
Textos e contatos em geral: jornalcp@correiodopapagaio.com.br
SAC: online@correiodopapagaio.com.br
R. Ledo, 250 - Centro - São Lourenço - MG