02:36hs
Sexta Feira, 20 de Setembro de 2019
São Lourenço - Notícias
08/05/2019 12h05

São Lourenço: a Capadócia Mineira

Voo de balão - um sonho que proporciona sensações como prazer, superação, liberdade e paz

Foto: Celso Silvério

Voar de balão em São Lourenço é o ápice para contemplar a cidade e as belas montanhas da Mantiqueira


Por Paulo H. de Carvalho

Sonhar abre acessos para a esperança e ela é o que nos preserva vivos. Na década de 90 ficava maravilhado com os campeonatos de balonismo realizados em São Lourenço. A partir daqueles eventos, voar se tornou um dos meus maiores sonhos. No final da década seguinte sofri um grave acidente: tive traumatismo cranioencefálico grave. Sobrevivi por milagre. Sequelas? Sim: três sentidos afetados (visão, olfato e paladar) e outros relacionados à memória. Deus conduz minha vida. Mesmo com o infortúnio continuo sonhando e lutando por tudo aquilo que acredito.

Início do outono...  Um presente inesperado de amigos especiais... É impossível deter e compartilhar totalmente as sensações e sentimentos ao sobrevoar um lugar tão lindo quanto minha cidade natal. Dia que liberou minha criança interior. Uma experiência pessoal mágica fazer um voo de balão em meio à Serra da Mantiqueira.

A preparação para o voo começa muito cedo. Já não havia dormido direito devido a expectativa e a ansiedade. Condições climáticas adequadas. Chegando ao Parque das Águas – local de decolagem dos balões, fiquei observando a equipe técnica, os turistas, um verdadeiro ritual que fui apreciando passo a passo. Inflar os balões é encantador; o manuseio de um imenso maçarico é parte do espetáculo; uma escada para nos ajudar a entrar no balão e fotógrafo profissional da equipe registrando esses momentos... O experiente piloto dá algumas instruções sobre o voo nos deixando a vontade e, ao fim, a hora tão esperada havia chegado.

A decolagem é tão suave que somente percebi que não estava mais no solo quando tudo começou a ficar pequenininho lá embaixo. No início, parece que o balão nem se move, mas aos poucos vamos saindo do chão. Durante os primeiros minutos do voo o balão ficou bem próximo das copas das árvores e sobre os telhados de alguns prédios, posteriormente ganhando altura lentamente. Que visão privilegiada da cidade! Sobrevoamos montanhas, fazendas de café belíssimas, campos de pastagens e ainda avistamos outros municípios. Senti como se a paisagem ganhasse vida. Cenário incrível! Inebriante! Durante o voo o piloto nos conta um pouco da história da região que eu tinha uma base por terra. Depois de certo tempo a sensação de liberdade, superação e de paz toma conta de mim. Momento de silêncio e gratidão.

Após aproximadamente uma hora de passeio chega o momento da aterrissagem. A equipe colaborou para que fosse tudo muito calmo e seguro. Aproximam-se os carros de apoio e trabalham em conjunto para desinflar o balão. Conduziram-nos para um delicioso café colonial na Quinta do Cedro. Lá recebemos pelas mãos do sr. Flamarion de Oliveira Barreto, diretor técnico da Federação de Balonismo do Estado de Minas Gerais um honroso certificado personalizado desse dia memorável. Momento de celebração e troca de experiências muito significativas entre passageiros e equipe da empresa.

Chego à conclusão que andei muito pelas ruas de São Lourenço, mas somente voando de balão consegui ter uma noção do quanto esta cidade é impressionantemente linda. Creio que tanto para turistas quanto para moradores esse é um passeio imperdível.

Parafraseando o amigo filósofo, Rodrigo Toledo: “O menino irá sempre tomar para si esse minúsculo ponto de luz encravado na Mantiqueira e nutrido pela seiva de águas oníricas e curativas como paisagem inconsciente que há de colorir sutilmente seus passos”. 

 

 

É indescritível a sensação de liberdade. A experiência de voar marcou para sempre minha vida

 

 

 

 

PUBLICIDADES
SIGA-NOS
CONTATO
Telefone para contato.: (35) 3332-1008
Textos e contatos em geral: jornalcp@correiodopapagaio.com.br
SAC: online@correiodopapagaio.com.br
R. Ledo, 250 - Centro - São Lourenço - MG