09:41hs
Terça Feira, 17 de Setembro de 2019
São Sebastião do Rio Verde - Notícias
12/09/2013 08h42

Obras do Trem das Águas de São Lourenço a São Sebastião do Rio Verde está parada

Faltam 15 mil dormentes para conclusão da obra

Ver o trem passar novamente por São Sebastião do Rio Verde é um sonho antigo dos rioverdenses.  A obra está parada há 10 meses por falta de material para a estrutura, e há 37 anos não passa um trem pelo local, desde quando havia viagens para o Vale do Paraíba.

O Jornal Correio do Papagaio entrou em contato com o assessor jurídico da Prefeitura de São Sebastião do Rio Verde, Paulo de Tarso Guimarães Machado.

“A obra atualmente está parada por falta de dormentes. Está feito um forte trabalho por parte do prefeito José Ricardo Diniz para conseguir esses dormentes. Ele já esteve em Belo Horizonte e Brasília para buscar recursos na esfera estadual, com o apoio do deputado estadual Duarte Bechir e com o deputado federal Dimas Fabiano”, esclarece.

Paulo ainda explica que esses dormentes seriam doados, mas a Companhia Vale do Rio Doce não os utiliza mais, e portanto este material não está disponível. Para a conclusão da obra são necessários 30 mil dormentes e o município conta com 15 mil até o momento.

Dormentes são peças de madeira colocadas transversalmente à via férrea e sobre os quais os trilhos assentam e são fixos. Esta madeira precisa ser protegida contra a umidade e o apodrecimento.

Ainda segundo o assessor, a linha férrea tem que voltar à ativa até 2014, prazo final do convênio renovado com o Ministério do Turismo.

De acordo com o coordenador da ABPF (Associação Brasileira de Preservação Ferroviária) de São Lourenço, Edelmo Dias Freitas, já foram feitos 11 km (7 km sentido S. Sebastião do Rio Verde-São Lourenço) e 4 km (sentido São Lourenço – São Sebastião).

“Através do ex-prefeito José de Souza Rabelo (Raimundo) foi feita uma doação pela Vale do Rio Doce de 15 mil dormentes. Agora faltam de 13 a 15 mil peças. Estamos aguardando este material que o prefeito Ricardo está buscando. E ele também conseguiu prorrogar o prazo do convênio para dezembro do ano que vem. Também faltam 20m³ de brita. Sonhamos com o percurso São Lourenço-Soledade e conseguimos. Agora sonhamos com São Lourenço – São Sebastião do Rio Verde. Já temos pouco mais de 50% da obra concluída.  Ao ser ativado o trajeto será voltado para o turismo”, comentou.

Enquanto a obra não fica pronta, a Estação Ferroviária de São Sebastião do Rio Verde continua cumprindo outra função, também muito importante, como ponto de encontro dos moradores e a manutenção da tradição da boa prosa, com os “causos” do hospitaleiro povo mineiro.

PUBLICIDADES
SIGA-NOS
CONTATO
Telefone para contato.: (35) 3332-1008
Textos e contatos em geral: jornalcp@correiodopapagaio.com.br
SAC: online@correiodopapagaio.com.br
R. Ledo, 250 - Centro - São Lourenço - MG