19:17hs
Sexta Feira, 15 de Novembro de 2019

Leia nossas últimas edições

Correio do Papagaio - Edição 1390
Correio do Papagaio - Edição 1393
Sindijori
07/11/2019 16h07

COLUNA MG - Rede de Notícias do Sindijori MG - 07/11/2019

Servidores paralisados em Uberlândia

Servidores paralisados em Uberlândia

Servidores de Uberlândia aderiram, na quarta-feira, 6, à Paralisação Estadual da Educação em Minas Gerais. Alguns atos públicos, além da suspensão parcial e integral das atividades em algumas escolas estaduais, estão previstos para ocorrer durante a mobilização. A paralisação na cidade está sendo organizada pelo Sindicato Único dos Trabalhadores em Educação de Minas Gerais (Sind-UTE).O sindicato estimou que 20 escolas ficaram totalmente paralisadas e outras cinco tiveram uma adesão parcial, impactando aproximadamente 5 mil alunos de Uberlândia. Já o Estado informou que até o meio da tarde 91% das escolas estaduais tiveram funcionamento normal ou parcial. (Diário de Uberlândia)

Empresários fazem intercâmbio na Apac

Promover uma interação entre empresários e recuperandos, e ainda assim despertar no olhar de quem empreende a importância da reinserção social. Essa é a proposta do Café na APAC, que será realizadoem Caratinga. O evento faz parte do programa Próximos Passos, promovido pelo Sebrae Minas, em parceria com entidades do poder público e da sociedade civil. A atividade tem como objetivo divulgar os trabalhos desenvolvidos nas Associações de Proteção e Assistência ao Condenado - APACs e promover a inclusão dos recuperandos, por meio da sensibilização de empresários da região. Para analista do Sebrae Minas, Fabiana Schimitz, o evento propõe um intercâmbio entre a classe empresarial e a APAC, com o intuito de promover a reinserção social dos recuperandos. (Diário de Caratinga)

Araxá tem campanha contra violência

Nos próximos meses, a campanha contra a Violência Infantojuvenil abordará diversos espectros da negligência e violência contra crianças e adolescentes. A iniciativa parte do trabalho em conjunto com o  Centro de Formação Profissional Júlio Dário e o  Conselho Comunitário de Segurança Pública de Araxá com  incentivo do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente,  com o apoio da Prefeitura Municipal de Araxá, Centro Universitário do Planalto de Araxá, Ministério Público,  Imprensa, Polícia Militar e Civil, TJMG e Agenda Comum Intersetorial. O objetivo é de prevenir, orientar e informar sobre a prevenção e combate a todo tipo de violência infanto-juvenil. (Correio de Araxá)

Uberaba quer "Casa da Mulher Brasileira"

Uberaba pode ser contemplada com unidade da Casa da Mulher Brasileira - centro de atendimento do governo federal especializado no atendimento à mulher em situação de violência doméstica. A informação é da presidente do Conselho Municipal de Políticas Públicas para Mulheres, Angela Dib. A Casa é um projeto da Secretaria Nacional de Política para Mulheres (SNPM), vinculada ao Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos. "O recurso deverá vir de emenda parlamentar do deputado federal Franco Cartafina, por meio do programa da SNPM" esclareceu, pontuando que o programa inicia no ano que vem e que, por isso, é cedo para chancelar a ideia. (Jornal de Uberaba)

Cirurgias são suspensas por falta de roupas

A falta de roupas e enxovais comprometeu a realização de cirurgias, nesta quarta-feira, 6, no Hospital Regional Doutor João Penido (HRJP) de Juiz de Fora. De acordo com a diretora do Sindicato Único dos Trabalhadores da Saúde de Minas Gerais (SindSaúde-MG), Lenir Romani, os procedimentos cirúrgicos foram cancelados e não há previsão de quando a situação vai ser regularizada. O número de procedimentos afetados, entretanto, não foi informado. Em nota, a Fundação Hospitalar do Estado de Minas Gerais (Fhemig), gestora do hospital, reconheceu a situação, mas não explicou, contudo, o motivo da falta de enxovais utilizados no centro cirúrgico da unidade.  (Tribuna de Minas- Juiz de Fora)

Extrema pobreza cresce 275% em Divinópolis

O número de famílias que vivem em situação de extrema pobreza em Divinópolis aumentou assustadoramente no último ano. De acordo com dados da Secretaria de assistência Social, mais de quatro mil famílias estão cadastradas no Município como "em situação de extrema pobreza", ou seja, quando a renda per capita mensal não ultrapassa R$85 por pessoa. As estatísticas apresentam um aumento considerável quando comparadas com o ano passado. Segundo os dados da secretaria, entre 2016 e 2017, 1.072 famílias viviam em situação de extrema pobreza. O número saltou para 4.024 neste ano. Para se ter ideia da gravidade e do avanço da situação, em 2013, pouco mais de 100 famílias enfrentavam esse cenário. (Jornal Agora Divinópolis)

Norte corre risco de perder 16 municípios

Os municípios de Augusto de Lima, Berizal, Campo Azul, Catuti, Glaucilândia, Guaraciama, Josenópolis, Juramento, Lagoa dos Patos, Miravânia, Ponto Chique, Santa Cruz de Salinas, Santa Fé de Minas, São João da Lagoa, São João do Pacui e Serranópolis de Minas correm risco de serem extintos, com base no projeto que o  governo federal apresentou ao Congresso Nacional, para ajustar contas públicas da União, estados e municípios, com o apelo de assim promover a retomada do crescimento do país. Chamado Plano Mais Brasil, o pacote inclui três propostas de emenda à Constituição (PEC) e foi levado ao Senado pelo presidente Jair Bolsonaro (PSL) e pelo ministro da Economia, Paulo Guedes. (Gazeta Norte Mineira- Montes Claros)

 

PUBLICIDADES
SIGA-NOS
CONTATO
Telefone para contato.: (35) 3332-1008
Textos e contatos em geral: jornalcp@correiodopapagaio.com.br
SAC: online@correiodopapagaio.com.br
R. Ledo, 250 - Centro - São Lourenço - MG