07:56hs
Quinta Feira, 09 de Julho de 2020

Leia nossas últimas edições

Correio do Papagaio - Edição 1447
Correio do Papagaio - Edição 1454
Sindijori
03/03/2020 17h04

COLUNA MG - Rede de Notícias do Sindijori MG 27.03.2020

Projeto acolhe animais silvestres

Projeto acolhe animais silvestres

Um projeto de autoria do Ministério Público busca a criação e implementação de um centro de triagem, reabilitação e soltura de animais silvestres apreendidos nos municípios da Comarca de Caratinga. O projeto nasceu a partir de uma demanda da Polícia Militar Ambiental, diante do número considerável de infrações ambientais, principalmente com relação a pássaros silvestres mantidos em cativeiro. A ideia é que estes animais, além de outros considerados silvestres, recebam assistência até estarem saudáveis e preparados para envio às áreas de soltura. (Diário de Caratinga)

Escolas não cumprem regra

O projeto de aplicação da modalidade de ensino foi sancionado em 2017, mas entrou em vigor neste ano. De acordo com o Ministério da Educação (MEC), escolas privadas e públicas do país devem se adequar à norma para ajustar o currículo e abordar o tema nas turmas de educação infantil e ensino médio. A nova regra não está sendo cumprida nas escolas Municipais e Estaduais de Uberlândia. A Associação de Educação Financeira do Brasil (AEF) trabalha há oito anos para capacitar, de forma gratuita, servidores que querem introduzir os conteúdos financeiros nas grades curriculares. (Diário de Uberlândia)

Município alertado sobre gastos

O Tribunal de Contas de Minas Gerais expediu alerta para 61 municípios do Norte de Minas, que gastaram demais com os funcionários e por isso, correm risco de descumprir a Lei de Responsabilidade Fiscal. São 26 municípios que gastaram entre 90.01 e 95% do limite de 54% com a folha de pagamento; 35 municípios que gastaram de 95,01% a 100%. A relação foi publicada no Diário oficial e explica que os dados são com base nas contas de junho de 2019. A Lei de Responsabilidade Fiscal fixa o limite de 54% da Receita Corrente Líquida (RCL) com despesas de pessoal.  A Lei determina que o município gaste no máximo 60% dos recursos com pessoal, sendo 54% do Poder Executivo e 6% do Poder Legislativo. (Gazeta Norte Mineira- Montes Claros)

Complexo tem venda publicada

Foi publicado o aviso do edital para concorrência pública de venda (alienação) das áreas de terra e do imóvel e suas benfeitorias do Complexo Santa Cruz em Poços de Caldas. Os envelopes com as propostas devem ser protocolados das 12h às 14h do dia 3 de abril. Podem participar pessoas físicas e jurídicas. A Lei 9.371 autorizou a desafetação (ato pelo qual a administração torna um bem público disponível) das áreas do Complexo Santa Cruz, que estão no Morro de Santa Cruz, centro da cidade, em frente à igreja de Nossa Senhora de Fátima, na alameda dos Capuchinhos, 149. (Jornal Mantiqueira- Poços de Caldas)

Atendimento virtual será instalada

O Prefeito José Roberto de Oliveira e o Delegado da Receita Federal do Brasil em Juiz de Fora, Leonardo Couto Sobral, assinaram no dia 13 de fevereiro de 2020, um 'Acordo de Cooperação' para a instalação em Leopoldina de um Ponto de Atendimento Virtual da Secretaria Especial da Receita Federal do Brasil nas dependências de ambiente pertencente ao Município de Leopoldina, mas que vai abranger toda micro-região. O Acordo, que é pioneiro em Minas Gerais, já está valendo e vai vigorar por prazo indeterminado. Nos termos do Acordo firmado entre as partes, o Município vai ceder dois funcionários que vão ser treinados de forma contínua pela Receita Federal para a prestação dos serviços. (Jornal Leopoldinense- Leopoldina)

Tremor é esclarecido

Moradores do município de Muriaé, a cerca de 160 quilômetros de Juiz de Fora, foram surpreendidos por três tremores de terra ocorridos em um intervalo de cinco dias. Assustados, eles fizeram cerca de 400 ligações à Defesa Civil no período. O último abalo sísmico aconteceu no início da madrugada de terça-feira de carnaval, 25, atingindo 1.9 na escala Richter. Este foi mais fraco que os dois tremores ocorridos na última sexta-feira - um de 2.2 e outro de 2.4, mas teria sido sentido mais intensamente pela população, "possivelmente em virtude da profundidade onde o abalo sísmico ocorreu em relação à superfície", esclareceu a Prefeitura em nota divulgada na terça.  (Tribuna de Minas- Juiz de Fora)

Quaresma impulsiona venda de peixes

Tempo de quaresma é de reflexão, mas também de expectativa de crescimento nas vendas dos produtos sazonais, como peixes e ovos. De acordo com comerciantes de pescados de Uberaba, neste período, os produtos mais procurados são a tilápia, sardinha, bacalhau e salmão. A tilápia pode ser encontrada por R$ 34,90. Já para o bacalhau, os preços variam entre R$ 45,90 sathe e R$ 120 porto imperial. O salmão em filé tem preço médio R$ 75. A sardinha é a mais popular e o quilo está com preços que variam entre R$ 8 e R$ 14 na cidade. A expectativa dos comerciantes é de que neste período as vendas tenham um aumento de 5% e que cheguem aos 20% na Semana Santa. (Jornal da Manhã - Uberaba)

 

PUBLICIDADES
SIGA-NOS
CONTATO
Telefone para contato.: (35) 3332-1008
Textos e contatos em geral: jornalcp@correiodopapagaio.com.br
SAC: online@correiodopapagaio.com.br
R. Ledo, 250 - Centro - São Lourenço - MG