20:17hs
Quinta Feira, 27 de Fevereiro de 2020

Leia nossas últimas edições

Correio do Papagaio - Edição 1412
Correio do Papagaio - Edição 1417
Variedades
17/01/2020 18h00

Thiago Martins se explica após ser criticado por dizer ser contra cotas

Thiago Martins usou o Twitter nesta sexta-feira, 17, para esclarecer sua posição sobre as cotas raciais em universidades brasileiras. A atitude foi uma resposta para as críticas que vinha recebendo após uma entrevista sua para o canal Na Real com Bruno De Simone, no YouTube. O entrevistador questiona o ator sobre "mimimi" das redes sociais, Thiago fala sobre diversos temas, inclusive sobre ter sido acusado de ter assediado uma segurança, e sobre a reserva de vagas para negros: "a cota me machuca. Dói. A cor da pele não muda a nossa inteligência, o nosso caráter, nós somos iguais. Isso me entristece. Para quê existe a cota dos negros? Uma universidade uma escola tem que ser para todo mundo. ... Sou contra, dói em mim as cotas."

Na rede social, Thiago falou sobre sua origem da favela do Vidigal, no Rio de Janeiro, para justificar sua opinião sobre as cotas e o racismo. "Sou contra o sistema e não contra as cotas! Sou cria da Favela do Vidigal, tenho consciência da minha cor e vi de perto a discriminação. Aliás, vejo até hoje! Tenho amigos do "Nós do Morro" que não tiveram a mesma oportunidade que eu e isso só reforça que o preconceito não acabou. Ainda temos um longo caminho a percorrer. Infelizmente vivemos em um país racista e preconceituoso. Hoje tenho consciência do lugar de privilégio que alcancei.
Acredito que o Brasil só vai pagar sua dívida histórica quando tiver políticas públicas que garantam a todos igualdade de condições e oportunidades de desenvolvimento. Cotas não são esmolas, é o mínimo que o estado pode fazer para uma reparação histórica e cultural. Enquanto os negros não forem maioria nas unidades e nos lugares de poder, nada vai mudar. O que quis dizer é que sou contra o sistema, e não contra as cotas! Antes do ataque, estou aberto ao diálogo. Acredito que assim chegaremos a lugares melhores."

Assista a entrevista em que Thiago Martins fala sobre cotas raciais:

Clique aqui

Fonte: Estadão Conteúdo
PUBLICIDADES
SIGA-NOS
CONTATO
Telefone para contato.: (35) 3332-1008
Textos e contatos em geral: jornalcp@correiodopapagaio.com.br
SAC: online@correiodopapagaio.com.br
R. Ledo, 250 - Centro - São Lourenço - MG