05:54hs
Terça Feira, 18 de Junho de 2019

Leia nossas últimas edições

Correio do Papagaio - Edição 1342
Correio do Papagaio - Edição 1353
Veículos
03/09/2013 14h36

Vendas de veículos caem 3,82% em agosto, aponta Fenabrave

Acumulado do ano registra primeira retração, de 1,22%. Segundo entidade, diferença de 1 dia útil refletiu no balanço.

As vendas de automóveis comerciais leves caminhões e ônibus somaram 329.207 unidades em agosto, queda de 3,82% na comparação com julho, quando foram emplacadas 342.298 unidades.

Na comparação com o recordista agosto de 2012, com 420.048 veículos, a queda chega a 21,63%. O balanço do mercado brasileiro foi divulgado nesta segunda-feira pela Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores (Fenabrave).

De janeiro a agosto, as vendas do setor somaram 2.470.458, retração de 1,22% — de janeiro a agosto de 2012, foram emplacadas 2.500.970 unidades. Com o resultado, é a primeira vez no acumulado do ano que o setor registra recuo na comparação com igual período do ano anterior.

Apesar da diferença, a entidade justifica o descompasso pelo fato de agosto ter um dia útil a menos do que julho (23 dias contra 22). . “Esta diferença refletiu no resultado final do mês. Se os períodos fossem equivalentes, o fechamento seria ligeiramente positivo no comparativo”, afirmou em nota o presidente da Fenabrave, Flavio Meneghetti.

Já o mês de agosto de 2012 foi recordista pela reação do mercado com Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI), que provocou uma “corrida” às concessionárias porque o prazo do desconto no imposto terminaria no dia 31 daquele mês. Porém, dois dias antes, o governo prorrogou o incentivo, que vinga até agora, mas sem o mesmo efeito.

Automóveis e comerciais leves
O volume de emplacamentos de automóveis e comerciais leves alcançou 312.722 unidades em agosto, contra 323.928 em julho, o que representa queda de 3,46%. No acumulado, os segmentos registraram queda de 1,87%, passando de 2.389.228 unidades em 2012 para 2.344.436 este ano.

Caminhões e ônibus
O mercado de caminhões registrou crescimento na comparação dos acumulados de 2012 e 2013. Foram emplacados 91.644 caminhões até agosto do ano passado, ante 102.977 unidades no mesmo período de 2012 - aumento de 12,37%. Ao comparar agosto deste ano (13.377 unidades) com julho (15.230 unidades), o segmento registrou queda de 12,17%.

O segmento de ônibus apresentou queda de 1,02% no mês de agosto. Foram emplacadas 3.108 unidades, contra 3.140 em julho. Na comparação com o mesmo período de 2012 (3.212 unidades), o segmento caiu 3,24%. Já no acumulado, o segmento de ônibus registrou alta de 14,66% entre 2013 e 2012.

Somados, os segmentos de caminhões e ônibus retraíram 10,26% no comparativo entre julho e agosto. Já na comparação com agosto de 2012, registraram crescimento de 13,07%. No acumulado, houve alta de 12,78% para os dois setores somados.

Motocicletas
O segmento de duas rodas apresentou retração de 3,80% em agosto, no comparativo com mês anterior. Foram emplacadas 129.097 unidades, contra 134.202 motos em julho. Em relação a agosto de 2012 (140.639), este setor também teve queda 8,21% e, no acumulado, a retração chegou a 10,30%.

Previsões mantidas
Apesar da queda, as projeções da Fenabrave se mantêm desde a última revisão, divulgada no início de agosto. De acordo com a entidade, se considerados e somados os segmentos de automóveis, comerciais leves, caminhões, ônibus e implementos rodoviários, o ano de 2013 deverá apresentar crescimento de 1,53% no total.

Para automóveis e comerciais leves, a previsão da Fenabrave é chegar, ao final de 2013, com aumento de 1,03% diante dos resultados obtidos em 2012. Já os setores de caminhões, ônibus, implementos rodoviários e máquinas agrícolas têm boas perspectivas de crescimento para 2013. O setor de caminhões, por exemplo, deve alcançar 154.380 unidades este ano, numa elevação de 12,10% sobre 2012. O segmento de ônibus deve chegar a 13,40% de aumento no ano e o de tratores e máquinas agrícolas deverá crescer acima de 10% este ano.

O segmento de motocicletas, que ainda passa por dificuldades, deve encerrar 2013 com queda de 8,6% sobre o ano passado.

Ranking das montadoras
Em agosto, a Fiat continua líder com 21,11% do mercado (66 mil unidades), seguida da GM com 18,71% (58.500), à frente da Volkswagen, com 17,82% de participação (55.712 unidades). A Ford, em quarto lugar, tem 10,05% (31.429), seguida da Renault (7,03%), Hyundai (5,56%), Toyota (4,85%), Honda (3,83%), Nissan (2,27%) e Peugeot (1,71%).

No acumulado de janeiro a agosto, a Fiat lidera com 21,89% de market share (513.276), seguida da VW, com 18,79% (440.479), GM (18,15% e 425.554 unidades), Ford (9,35% e 219.097), Reanult (147.506 e 6,29%), Hyundai (135.335 e 5,77%), Toyota (113.000 e 4,82%), Honda (89.288 e 3,81%), Nissan (51.591 e 2,2%) e Citroën (42.547 e 1,81%).


Fonte/G1 Auto Esporte e Fenabrave


PUBLICIDADES
SIGA-NOS
CONTATO
Telefone para contato.: (35) 3332-1008
Textos e contatos em geral: jornalcp@correiodopapagaio.com.br
SAC: online@correiodopapagaio.com.br
R. Ledo, 250 - Centro - São Lourenço - MG