20:33hs
Quarta Feira, 28 de Fevereiro de 2024

Leia nossas últimas edições

Leia agora o Correio do Papagaio - Edição 1827
Regional
05/10/2022 10h28

II Edição da Feira da Terra em Aiuruoca

Aconteceu nos dias 30 e 31 de julho a 2a edição da Feira da Terra - Edição de Inverno - no Sítio Salamandra, localizado entre os vales do Matutu e Pedra, no portal formado pelo Pico do Papagaio e a Cabeça do Leão. A privilegiada paisagem local, realçada pela presença das cachoeiras Três Marias e as belíssimas araucárias, adquiriu um colorido especial com as barracas de bambu revestidas de chita e a linda decoração típica de festas juninas/julinas.
A Feira da Terra, que teve início em 2010 em Lumiar (RJ) e foi inaugurada em Aiuruoca (MG) em maio de 2022, com a Edição de Outono, trata-se de uma feira cultural com diversas atividades ligadas às áreas de educação ambiental, artes, agroecologia, economia criativa e solidária, que tem como objetivo principal a criação de um espaço de encontros e de trocas de saberes e experiências tradicionais e contemporâneas, proporcionando aos moradores locais e visitantes, uma ampla programação gratuita de apresentações musicais, dança, capoeira, teatro, poesia, etc.


Um dos propósitos fundamentais desse projeto, que tem como preceito “pensar globalmente e agir localmente”, é o fortalecimento da economia e da cultura local, colocando produtores e consumidores em contato direto na comercialização de produtos orgânicos e agroecológicos (sem uso de agrotóxicos, adubos e fertilizantes químicos ou sementes transgênicas), artesanato ecológico (feito com materiais naturais ou reciclados) e alimentação saudável, possibilitando trocas solidárias e preços justos.
Com o propósito de contribuir com a preservação ambiental para as gerações futuras, a programação cultural também inclui palestras, rodas de conversa e oficinas ecopedagógicas (bioconstrução, agrofloresta, agricultura orgânica, reciclagem).
Outra característica da Feira da Terra é a promoção de atividades integrativas e atendimentos terapêuticos a preços populares, além de atividades lúdicas e artísticas voltadas especificamente para o público infantil, com o resgate de brincadeiras de roda, jogos tradicionais e contação de histórias.
A programação cultural da Edição de Inverno, conduzida pela atriz Mariana Mendonça, nossa Mestre de Cerimônias, foi aberta no sábado à tarde com uma animada roda de capoeira do Grupo Senzala, reverenciando as raízes culturais afro-brasileiras presentes na história local.


Na sequência, formou-se um grande círculo para a Dança da Paz Universal e Euritmia, conduzidas por Inês Farias. Essa é uma das práticas integrativas presentes em todas as edições da Feira da Terra, inserida no movimento mundial pela Cultura da Paz.
As apresentações musicais tiveram início com o cantor, compositor e multi instrumentista Zelitto Alves, morador de Aiuruoca desde 2014, trazendo um repertório variado de MPB, com modas de viola, forrós, xotes, etc, e a cantora, percussionista e bioterapeuta Lika Meirelles. A programação cultural de sábado encerrou com uma roda de tambores em volta da fogueira, com cantos afros e indígenas puxados pela potente voz de Lika Meirelles.
A programação de domingo foi aberta com uma aula de Yoga ministrada pela professora Deusa Helena Leonelli, de São Lourenço. Em seguida, realizou-se uma Dança Circular entoando a canção Força da Paz, com participação do convidado especial dessa edição, Leal Carvalho, e uma Roda de Capoeira com o Grupo Senzala.
No Sarau Terra, tivemos uma singela homenagem ao poeta popular do bairro da Pedra, Tião Ferreira, com a leitura de alguns de seus poemas pela artista e também poeta Andrea Le Leuxhe, falando sobre o seu dia a dia na roça, com destaque para o poema sobre as Três Marias, cachoeiras por ele assim batizadas em referência às suas três filhas Marias.
No período da tarde, teve início uma sequência de apresentações musicais, começando com o Grupo Universalia, de Juiz de Fora, com um repertório de mantras e músicas autorais com referências culturais da Índia, África, Turquia e Brasil.
Em seguida, a cantora, compositora, multi instrumentista e atriz paulistana Linna Karo - abriu sua apresentação musical cantando à capela a canção Mercedes Benz, de Janis Joplin, e diversas canções (voz e violão) do melhor da MPB (Caetano Veloso, Rita Lee, Chico César, Gilberto Gil), além de uma de suas músicas autorais do disco “Aos Homens”.

O duo Caipirindhu, formado pelos músicos Cacá Mariano e Gui Mendonça (morador do Matutu há 32 anos), apresentou um repertório contagiante de canções que fundem estilos e ritmos os mais diversos, passando pelo baião, mantras indianos, música afro e de rezo.
No encerramento, tivemos o enorme prazer de receber o cantor, músico e compositor brasiliense Leal Carvalho, um dos principais representantes da música de rezo no Brasil e integrante do grupo Udiyana Bandha, recém agraciado com o Prêmio Internacional Ibero-americano de Arte e Cultura pela Paz 2022. Leal veio acompanhado do duo Brasíndia – Uan & Tamirá, trazendo composições como Decreto da Turma do Bem, Pela Cura do Planeta e Força da Paz, entre outras.
Também estiveram presentes, acompanhando Leal, os músicos e compositores paulistanos André Meneguetti e Luís Pavan, enriquecendo ainda mais a programação cultural do evento.


A terceira edição da Feira da Terra - Edição de Primavera - acontecerá novamente no Sítio Salamandra (km 13 da Estrada Aiuruoca - Matutu), no dia 15 de outubro, com uma extensa programação cultural gratuita, dedicada especialmente ao mês das crianças e à chegada da primavera.
Por: Sanda Maria Ortegosa
Contatos pelo Instagram: @feiradaterraaiuruoca

PUBLICIDADES
SIGA-NOS
CONTATO
Telefone: (35) 99965-4038
E-mail: comercial@correiodopapagaio.com.br
R. Dr. Olavo Gomes Pinto, 61 - Sala 207 - Centro - São Lourenço - MG